A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

09/08/2010 07:48

Câmara paga obra só oito dias após ordem de serviço

Redação

O presidente da Câmara de Vereadores de Alcinópolis, Carlos Antônio Costa Carneiro (PDT), autorizou parte do pagamento a duas empreiteiras que construirão o prédio da Casa de Leis, apenas oito dias após a assinatura da ordem de serviço.

Ao todo, foram pagos R$ 80.462,00, o que representa mais de 12,5% do valor total da obra, que é de R$ 641.730,47. As informações foram levantadas pelo site Edição de Notícias.

O problema é que a obra não saiu do papel 15 dias após os pagamentos. A empresa responsável pela mão-de-obra começou a mexer no terreno. Até mesmo o engenheiro civil Wilter Nunes Barbosa recebeu 2.105,00 oito dias após a ordem de serviço.

Os valores poderiam ser pagos antes da primeira medição se constasse da planilha o item "mobilização", que é o deslocamento de equipamentos e pessoal para o canteiro de obra. Porém, este item não existe na documentação.

Os contratos firmados entre a Câmara de Alcinópolis e as empresas Aldeni Nunes de Oliveira ME e Pereira e Siravegna Ltda ME rezam que os pagamentos serão feitos em até 30 dias após as medições da obra.

Sem o item de mobilização, sem o início da obra e consequentemente sem a medição, nenhum dos três primeiros pagamentos se justificam.

A Aldeni Nunes de Oliveira ME foi contratada para fornecer todo o material para a construção do prédio, por R$ 276.326,22.

Já Pereira e Siravegna Ltda ME foi contratada para executar a mão-de-obra por R$ 222.293,75, para construir a cobertura, inclusive mão-de-obra, por R$ 120.100,50 e para revestimento de teto, por R$ 23.010,00.

A licitação foi homologada no dia 15 de março de 2010, em 12 de abril foi dada ordem de serviço e já no dia 20 foi autorizado o pagamento de mais de 12,5% do valor da obra, além do engenheiro.

O site Edição de Notícias tem registros fotográficos provando que a obra ainda não tinha saído do papel entre os dias 3 e 5 de maio.

Custo

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions