A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

12/06/2013 11:39

Câmara pode convocar Semadur para explicar retirada de ambulantes

Aliny Mary Dias e Jéssica Benitez
Comerciante mostra onde ficavam as barracas na calçada. (Foto: Pedro Peralta)Comerciante mostra onde ficavam as barracas na calçada. (Foto: Pedro Peralta)

A retirada de vendedores ambulantes que trabalhavam em frente a Uniderp/Anhanguera foi assunto da sessão desta quarta-feira (12) da Câmara Municipal da Capital. Parlamentares da oposição saíram em defesa dos ambulantes barrados por fiscais da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) na última segunda-feira.

Os vendedores foram notificados há uma semana e tinham o prazo de 5 dias para sair da avenida Ceará. A ação é com base no Decreto n°11.090 de 2010, que regulamentou a Lei 2.909/1992, as calçadas devem ter uma faixa livre e desimpedida de obstáculos para o trânsito de pedestres e uma faixa de serviço, destinada à implantação do chamado mobiliário urbano, como pontos de ônibus, táxis e outros.

Em defesa dos vendedores, o vereador Elizeu Dionizio (PSL) criticou a ação da Semadur e desafiou o órgão a apresentar denúncias que levaram à decisão de retirar os comerciantes do local. “Não foi feito da forma correta, tirou pessoas que há 20 anos ajudam a formar profissionais”, declara.

Já o parlamentar Cazuza (PP) justificou a ação dizendo que o MPE (Ministério Público Estadual) pressionou a Prefeitura para que a lei de espaços públicos fosse cumprida. “Eles foram notificados cinco vezes, a última foi há uma semana”, diz.

O vereador disse ainda que nenhum ambulante foi preso e nenhum material apreendido durante a ação dos fiscais da Semadur.

O mais novo defensor do prefeito Alcides Bernal na Câmara, Paulo Pedra (PDT) disse à reportagem que a ação feita pela administração anterior com os dogueiros que vendiam lanches na Afonso Pena foi mais grave do que a ação na Ceará. “Mau exemplo é o que fizeram com os dogueiros, jogaram eles lá no inferno e hoje recebem menos do que antes”, diz.

Já o vereador Airton Saraiva (DEM) disse que irá pedir para ao presidente da Comissão Permanente de Indústria, Comércio, Agropecuária e Turismo, Edil Albuquerque (PMDB), para que o chefe da Semadur, Odimar Luis Marcon, explique os detalhes da ação.

Segundo Saraiva, Marcon já foi chamado para uma audiência na Câmara sobre a demora na expedição de alvarás para o setor da construção civil e não compareceu.



Os caras criam a lei (que entendo deva ser cumprida, senão vira casa da mãe Joana) e quando o órgão executor (SEMADUR) vai cobrá-la na pessoa dos seus fiscais, alguns vereadores num gesto de total ataque de pelanca (pra não dizer desconhecimento mesmo) atacam a ação da SEMADUR reclamando de uma lei que está apenas sendo CUMPRIDA e polemizam algo que está embasado em lei, não fazem questão nem mesmo de esconder a perseguição aberta e que está cansando a todos...Sem hipocrisias, façam o seguinte, já que tem realmente interesse em ajudar esses trabalhadores, ALTEREM A LEI QUE VCS CRIARAM para que se torne menos burocrática a emissão de licenças, simples assim. PS.: aí poderão posar como "bonzinhos do dia", mas de uma forma racional e coerente.
 
Flávio Leal em 13/06/2013 15:50:45
Um absurdo o que estão fazendo pois são inúmeras as pessoas que passam o dia no serviço e vão para a universidade a noite, muitas vezes sem comer, e a saída eram os abulante enfrente a Ceará, pois dentro da Uniderp os preços são abusivos.
 
fabiana moreira em 13/06/2013 01:21:18
Sabe o que é engraçado, nosso país deixa claro que temos o direito ao trabalho digno e honesto, mas não nos dá nenhuma condição.


Prefeito eu me lembro muito quando o senhor prometeu que iria apoiar os ambulantes e agora você quer dar uma de vira casaca...

Como vocês desejam incentivar o empreendedorismo na cidade, se não incentivam esses comerciantes.

Aqui senhor prefeito está a consequência de que o senhor está indo na contramão dos princípios, não se pensa que uma copa está vindo para o Brasil, e podemos atrair uma linha de turismo muito grande para cá... E quem vai servir essa moçada? Vocês?


Incentive, não destrua um comércio, cada um tem a sua etapa de crescimento, fazendo isso, vocês só comprometem a dizer o quão ignorante são em relação aos vendedores da cidade.

 
Jefferson Neves em 13/06/2013 00:06:33
#LIBERA OS "DOGUEIROS" Alcides Bernal... Lembra Sr. Prefeito?
Quando a Administração anterior do PMDB, retirou ou melhor, EXPULSOU os trabalhadores dos Trailers de Lanches do canteiro Central da Av Afonso Pena? Senão nos falha a memória, o sr. Alcides Bernal 11 criticou a decisão de expulsão dos trabalhadores donos de Trailers de lanches inclusive criticando a prefeitura na Rádio...
E AGORA? POR QUAL MOTIVO vai retirar esses TRABALHADORES dignos da frente da NOSSA UNIVERSIDADE? Você Prefeito Alcides Bernal como Advogado formado pela antiga FUCMAT (Faculdades Unidas Católicas de Mato Grosso) em 1987 NUNCA COMEU UM LANCHE/HOTDOG EM FRENTE A UNIVERSIDADE ONDE ESTUDAVA? Em suas campanhas eleitoreiras AS PESSOAS eram em Primeiro Lugar... ÉRAMOS!?
Digo isso como acadêmico de Direito e cidadão
 
LUCAS DE MATTOS FRANCO em 12/06/2013 23:50:16
boa noite , uma vergonha , esta SEMADUR , eu tb sou vitima da gestão passada , e continuo sendo vítima desta gestão da Prefeitura , porque protocolei na SEMADUR , um pedido para utilizar o QUIOSQUE da praça do peixe , no bairro vilas boas , e até hj não consegui nenhuma resposta , sendo que me comprometi dar manutenção em parte da praça e cuidar dos banheiros , mas a gestão do Nelsinho e nem a do Bernal , nada resolvem , estão esperando , destruíram de novo a praça , pq com alguém ali se dedicam ao seu ganha pão , pode cuidar daquele local , sim . mas por questões políticas ficam enrolando , já fui ambulante e sei o quanto essas pessoas sofrem na mão desses que não tem o que fazer , se pagar imposto aí vão poder trabalhar , é só parar o trailer de lanche em uma vaga de carro .
 
Roger Lopes em 12/06/2013 20:56:52
Meu Deus do céu eu to ficando preocupado de verdade, como assim vai investigar a retirada dos ambulantes? Sairam porque não pagam imposto, aluguel, não recolhem iss, inss, enfim, sairam porque estao fora da lei, se eu tenho uma loja e deixo de recolher meus impostos o que acontece comigo? Coisa muito pior do que com os ambulantes, minha nossa Campo Grande está cada vez caminhando mais e mais para trás, precisamos de importar pessoas inteligentes ou vamos morrer na mingua.....
 
MAXIMILIANO RODRIGO ANTONIO NAHAS em 12/06/2013 17:40:48
que vergonha vereadores;... deixe o povo trabalhar, campo grande tá feio a nossa cidade nada pode.... mas lembre-se foi eles que elegero
 
ramão bráz em 12/06/2013 17:37:42
Uma das coisas que me orgulham em Campo Grande é a ausência de camelôs nas ruas, sinal de lugar civilizado. Tem mais é que tirar mesmo, seja dogueiros, ambulantes, etc.
 
Ricardo Farias em 12/06/2013 17:22:41
sou academica da universidade,e posso dizer que o local era bem movimentado,mais quebrava galho para um monte de academico dali,pois a maioria vem de seus serviço,e fazia suas refeições ali,e digo mais a passagem para os pedestre não atrapalhava .
Pq eles não se preoucupam com os semaforos dali da frente da instituição que vive com problemas,com isso sim eles deveriam se preoucupar,com a segurança no transito.
 
jessica ardaya em 12/06/2013 15:49:59
Eles fazem a lei, ai a prefeitura cumpre a lei e eles mesmos vem reclamarem por a lei estar sendo cumprida. Faça favor, não estão nem fazendo questão de esconder a perseguição. Se querem fazer algo por esses trabahadores, alterem a lei, desburocratize a emissão de licenças e cobrem um valor justo pelas taxas.
 
Henrique Dias em 12/06/2013 14:26:12
Vão tirar os ambulantes pra colocar os vereadores!
 
Anderson Silva em 12/06/2013 13:41:02
Esses vereadores não se entendem.Fazem leis para beneficiar uns em consequencia prejudicam outros.Os dogueiros, todo mundo sabe que foram retirados do centro por causa das franquias.Nimguém teve dó deles.
 
Marcia França em 12/06/2013 13:26:19
já comentei eu volto a comentar, tem muita gente usando praças públicas ,
na vila Planalto tem um usando a praça até construiu uma lanchonete(canguru lanches)
na Cel. Antonino em frente a Caixa Economica Federal (gordinho lanches)
na Coophasul (bifão na chapa) , e ai Prefeitura porque eles podem e os outros não?
 
Sergio Borelli em 12/06/2013 13:03:34
Esses são os nosso vereadores!!! Não conhecem sequer a Lei de Espaços Públicos...
O negócio é fazer de conta que trabalham.
 
Filipe Alberto em 12/06/2013 13:01:03
Poxa até que fim vi um vereador macho e falar a verdade. Esse monte de vereador do passado não fizeram nada quando tiraram os dogueiros da Afonso Pena e agora querem aparecer.
 
luiz alves em 12/06/2013 12:47:02
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions