A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

28/10/2013 15:46

Cientista vê PT tentando “salvar” Bernal para PMDB não retomar Capital

Zemil Rocha
Vivendo aguda crise política, Bernal corre o risco de perder o apoio do PT (Foto: Helton Verão)Vivendo aguda crise política, Bernal corre o risco de perder o apoio do PT (Foto: Helton Verão)

O cientista político Tito Machado vê o PT tentando segurar o prefeito Alcides Bernal (PP) no cargo para evitar que o PMDB retome a Prefeitura de Campo Grande. Na véspera da reunião dos petistas que decidirá sobre rompimento ou não com Bernal, o professor Tito vê “pragmatismo” nas ações do partido e acredita que ainda há chance de se “salvar” o mandato do prefeito progressista.

Tito, que é doutor em geografia política e econômica pela USP e professor dos cursos de Geografia, Administração e Jornalismo da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), considera que os partidos políticos atuais “não são movidos por convicção ideológica ou convicções ético-morais, até porque política não tem ética, aliás política é anterior à ética”.

Considerando que os “partidos são pragmáticos”, Tito Machado entende que o PT, amanhã, terá que avaliar dois aspectos principais. Como Bernal tem tido queda de popularidade, conforme as pesquisas divulgadas nos últimos meses, para o cientista, esse fator acaba pesando a favor de deixar a administração municipal. “Se sujeito está mal avaliado, ninguém quer ficar do lado dele”, argumentou. Por outro lado, segundo Tito, o PT vai avaliar o desgaste político que poderá gerar a manutenção do apoio na eleição do ano que vem.

“O PT também não fica numa situação confortável se romper com Bernal”, analisa o cientista político Tito Machado, entendendo que assim enfraqueceria ainda mais o atual prefeito da Capital e daria mais munição à oposição que quer cassá-lo. “Cassação do Bernal significa a subida do vice, que representa a entrega da prefeitura para o André. Ou alguém dúvida disso?”, disse Tito, questionando ao final.

Para Tito, hoje Bernal representa um “contraponto forte ao PMDB”, legenda que teve uma tradição de mais de 20 anos na Prefeitura de Campo Grande. “Bernal fora significa dar a prefeitura de mão beijada para o PMDB”, constatou, insistindo, em seguida, que a situação do PT é muito desconfortável.

Cassação de Bernal – Na opinião de Tito Machado, o prefeito Alcides Bernal ainda tem condições de continuar no Poder, apesar de haver uma Comissão Processante, aprovada por 21 a oito vereadores, e a judicialização da gestão do progressista, visto que o Ministério Público ingressou com ação judicial de improbidade administrativa, pedindo afastamento do chefe do Executivo.

“Hoje em dia, os políticos são pragmáticos. Eu sinceramente tenho muitas dúvidas sobre os verdadeiros interesses que estão por traz. Não digo isso em relação a todos os vereadores, evidentemente, nem da grande maioria, mas tenho dúvida quanto a muitos vereadores com relação às intenções deles com essa cassação”, afirmou Tito. “Será que realmente é por conta de que o Bernal está muito mal? Será que é porque não está retribuindo muito o que a sociedade quer ou o que eles querem?”, questionou. “Nesse sentido, o Bernal tem salvação”, avaliou.

Instado a responder se não vê irregularidades na gestão de Bernal, como as apontadas pela CPI do Calote em relação à “fabricação de emergência” para contratações sem licitação de empresas amigas, Tito Machado declarou: “Concordo, só que não podemos esquecer que isso não é exclusividade da administração Bernal. Não significa que não teve irregularidade nas gestões anteriores. Teve, mas os prefeitos foram mais cuidadosos, viveram melhor relação com o Legislativo”. E acrescentou: “O que efetivamente comprova a falta de habilidade política do Bernal. Isso está muito evidente”.

Para ele, se o prefeito Alcides Bernal tivesse tido habilidade política, diálogo constante com os vereadores e as demais instituições “nada disso estaria acontecendo”. Considera, contudo, que “há condições de resolver”, observando que crises políticas são superáveis e o fatos do passado o demonstram.

O primeiro passo para resolver o imbróglio, no pensar de Tito, é o prefeito aceitar as propostas feitas pelo PT, no sentido de ter um articulador político no governo, atrair mais partidos para apoiar sua gestão e melhorar a interlocução com a Câmara e demais instituições. “Eu, se estivesse nessa situação do Bernal, toparia no ato as propostas do PT”, defendeu. “São propostas factíveis”, finalizou.



É o seguinte, o PT nunca conseguiu a prefeitura de campo grande porque os eleitores campo-grandenses nunca quiseram, ai, nesse mandato de governo, eles entraram pelas portas dos fundos e eles adoram um poderzinho nas mãos, pergunto: vocês acham que eles vão largar esta t/e/t/a??? O risco i/n/c/o/m/p/e/t/e/n/t/e Bernal mela o nome de todos eles desde o Delcídio, do Vander, do Zeca, do próprio Reinaldo Azambuja, etc ... vocês acreditam que eles vão largar??? Se o barco ainda tiver com um pedacinho do mastro de fora eles vão estar lá, como pinhé. Depois "In nomine patris, et filii, et spiritus sancti.
Amen".
 
Carlos Marques em 29/10/2013 11:59:14
PT ...... vejam só o que ele fez com nosso país, ninguém respeita mais ninguém, todos podem tudo, no grito na porrada , queimando quebrando xingando.......quando foi que isso existiu antes ????? de propósito ele misturou democracia com assistencialismo e baderna, agora quero ver quem dá jeito.
 
arnaldo saracho em 29/10/2013 11:04:10
Até o chocolate faria uma administração melhor.
 
Pedro de Turvo em 29/10/2013 11:00:49
Como dizem que a voz do povo é a voz de Deus, assim foi nas urnas, eu não vi ainda manifestação popular dizendo "fora Bernal'', assim com foi "fora collor"... portanto acho que quem decide é o povo.... Srs vereadores fiquem atento pois temos eleições pela frente.... (olho vivo hein) rsrs
 
alci da silva em 29/10/2013 07:16:34
PMDB NUNCA MAIS !
 
clodoaldo lemes de souza em 29/10/2013 03:53:37
Se o lixo for limpo, obviamente que o povo não vai querer colocar outro no lugar. Queremos retornar o crescimento como dantes.
 
Jorge Almoas em 28/10/2013 22:52:46
CONCORDO QUANDO ELE DIZ QUE SUBIR O VICE É COLOCAR O ANDRE NO PODER E QUE NAS ADMINISTRAÇÕES ANTERIORES JÁ OCORRERAM SITUAÇÕES QUE VEM OCORRENDO COM O BERNAL. O DIFERENCIAL É QUE TODO MUNDO TINHA MEDO DO ANDRE E DO NELSINHO E ACHO QUE AINDA TEM, O MESMO NÃO ACONTECE COM O BERNAL. O AQUÁRIO QUE FOI CONSTRUÍDO NÃO VI NINGUÉM CRITICAR E NEM AVERIGUAR O TOTAL DO VALOR GASTO. POR QUE SERÁ HEIN?????
 
marcia arruda em 28/10/2013 22:39:38
Este sim pode-se dizer que é um cientista político! Parabéns Dr. Tito, sua análise é perfeita! Aqueles que se dizem "cientistas políticos" vamos aprender um pouco mais.
 
João Pereira em 28/10/2013 21:03:14
PT e PSDB, devem, desde logo, pular fora dessa barca furada chamada "Bernal" !
Delcídio eleito Governador, Reinaldo Senador, será uma "nova era" em MS., se "Bernal" resistir até o final do mandato sem PT e PSDB, é só Reinaldo se candidatar a Prefeito de C.Grande/MS em 2018 contra quem vier, que leva com os dois pés nas costas., até contra o André'a!
Aí, "Bernal" vai ver se ele foi eleito, ou se os que o apoiaram é que o elegeram !
Sem PT, PSDB, PV, PPS e mais outros ele continuaria, não sei até quando, Deputado radialista, que é o que deveria continuar. Não tem experiência e nem vocação para o Executivo !
O melhor é "DESPEJÁ-LO", por inadimplência executiva, JÁ !
Campo Grande merece "REVIVER", não é possível que o vice seja tão incompetente administrativamente como "ELLE" ! Fora Bernall !
 
washington antenor de souza junior em 28/10/2013 20:00:52
Deixa pelo amor de DEUS o Prefeito Alcides Bernal trabalhar gente, não é o PT que vai fazer o PMDB cair, é o povo , o povo não quer mais o PUCCINELLI NO ESTADO, DA FAMÍLIA COMPLETA DO NELSINHO. INCLUINDO ( TRADS, SIUFFISSS, MANDETTAS ETC E TAL) . É o povo que vai mandar estes passear para bem longe do MS. Se Deus quiser e se nenhum jornalista ficar fazendo aumentativos e diminutivos eleitoreiros.
 
amélia alves em 28/10/2013 18:54:17
Deixa o homem trabalhar meu povo.
 
Luis Castro em 28/10/2013 17:38:16
Como diz o Dr.Tito que os partidos políticos “não são movidos por convicção ideológica ou convicções ético-morais, até porque política não tem ética, aliás política é anterior à ética” levando-se em conta os autos custos de campanhas políticas e também o custo voto direto (compra de voto na última semana que antecede o dia da eleição), dedução; o Sr. Bernal tomou com a força popular a teta gorda do PMDB, e, não sabe como ordenhar, o PT sabe, tem larga experiência em ordenhas, mais tá com medo do desgaste.
 
Gustavo José Aidamus Rasslan em 28/10/2013 17:26:55
Finalmente alguém preparado e isento para dar opinião sobre as coisas. Mas meu caro Excelentissimo Senhor Professor,Doutor,Benemérito, Salve-Salve Tito Machado, o senhor esqueceu de falar da péssima equipe e da teimosia absurda do prefeito. Esse é um outro agravante.
 
Carlos Henrique em 28/10/2013 16:55:55
EM OUTRAS PALAVRAS O PT NUNCA SOUBE GOVERNAR NADA E AGORA QUER SER O RAPAZ BOM PARA UMA CAPITAL MORTA SE ESSE PT NÃO SE POSICIONAR PERANTE A POPULAÇÃO QUE O ELEGEU SERÁ UM DESASTRE PARA NOS CAMPO GRANDENSES QUE JÁ NÃO AGUENTAMOS MAIS UM MÊS QUANTO MAIS UM RESTO DE MANDATO COM UM POLÍTICO INCOMPETENTE E INCOERENTE COM O CARGO QUE OCUPA, BERNAL VOLTA PARA A TRIBUNA DA RÁDIO LÁ VOCÊ ENGANA BEM VOLTA PARA AS ORIGENS DE ONDE VOCÊ NUNCA DEVERIA TER SAÍDO
VAI COM DEUS
E PT PENSA QUE ANO QUE VEM TEM PRESIDÊNCIA AI O POVO NÃO AGUENTA MAIS BLABLABLABLA FALA SERIO PT.
 
LODOMILSON ALEXANDRE em 28/10/2013 16:16:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions