A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

10/08/2008 20:29

Com 62% de aprovação, Evo Morales continua no cargo

Redação

Como previsto, o presidente da Bolívia foi confirmado no cargo no referendo revogatório desse domingo. Com a maior parte dos votos apurados, Evo Morales tem 62% de "Sim" e, com isso, ratifica a posição de maior líder nacional, embora tenha que conviver com um país dividido.

O "Não" ao governo atual ganhou em quatro departamentos (Santa Cruz, Beni, Tarija e Chuquisaca). Mais uma vez, La Paz, que concentra quase 30% do colégio eleitoral boliviano, garantiu a vitória do presidente.

Para a analista política Gimena Costa, o processo autonômico é irreversível e que faz parte da construção de um novo Estado, em que ficam fora "as velhas formas de fazer política, e aí estão incluídos o MAS (partido do presidente) e o Podemos (principal partido de oposição)".

Há na população um sentimento de que, caso oposição e governo não se entendam, a situação pode chegar a uma guerra civil. Para Gimena Costa, isso é pouco provável, embora o cenário não seja exatamente tranqüilo: "o que acredito ser provável são múltiplos enfrentamentos em muitos focos de maneira hormonal e inesperada. Não vejo possibilidade de uma saída de diálogo, de consenso". (com informações do site uol)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions