A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 22 de Março de 2019

27/10/2018 18:56

Com apoiadores, Odilon diz que mira o governo para melhorar o Estado

Candidato encerra campanha em Campo Grande com carreata que percorre bairros do Imbirussu

Humberto Marques e Guilherme Henri
Com apoiadores, Odilon diz que mira o governo para melhorar o Estado
Odilon disse que intenção à frente do governo é de melhorar o Estado. (Foto: Guilherme Henri)Odilon disse que intenção à frente do governo é de "melhorar o Estado". (Foto: Guilherme Henri)

Reuninando apoiadores que desafiaram o mau tempo para participarem do seu último ato de campanha, o candidato a governador Odilon de Oliveira (PDT) comandou na tarde deste sábado (27) uma carreata que percorreu bairros da região urbana do Imbirussu, em Campo Grande. Lá, reforçou que sua motivação para a disputa eleitoral deste ano é realizar um trabalho que se concretize na melhora do Estado.

O evento estava previsto para começar às 14h, porém, atrasou cerca de uma hora. Uma forte chuva na região também prejudicou a presença dos simpatizantes da candidatura pedetista, embora um bom número de pessoas tenha permanecido no ponto de concentração.

Odilon, que acabara de chegar de Dourados –onde participou de ato semelhante–, foi rapidamente levado para o carro de som. Antes, porém, reiterou ao Campo Grande News o porquê de se candidatar ao Executivo estadual. “Para melhorar o Estado, a saúde, a educação, a segurança pública”, sintetizou, antes de seguir para o compromisso com os apoiadores.

Juiz federal aposentado, comandando por anos a 3ª Vara Federal da Capital, Odilon se filiou ao PDT no fim de 2017 já como possível candidato ao governo estadual. Tendo como aliados o Podemos e o PRB, trabalhou durante a campanha o combate à corrupção como uma das diretrizes de sua gestão.

“Mais que nunca me sinto fortalecido pelo apoio de minha gente. Mais que nunca sinto que a luta contra a corrupção é capaz de unir homens e mulheres de bem”, pontuou o juiz, agradecendo familiares e parceiros da campanha, reforçando ainda fazer sua “profissão de fé na democracia, afirmando que o voto é a melhro arma contra a prepotência e a mentira”.

Ele ainda criticou ataques sofridos durante a disputa, os quais avalia que foram “em vão” diante da receptividade da população.

No segundo turno, angariou novos apoios, principalmente do MDB –que disputou a eleição para o governo tendo como candiadto Junior Mochi, que substituiu André Puccinelli após este ser preso na Operação Lama Asfáltica, que teve conduções na instância do Judiciário comandada pelo pedetista.

Coordenadores da campanha previam que o evento da tarde deste sábado teria impacto semelhante ao registrado pela manhã em Dourados, onde afirmam que Odilon “agitou as massas” e foi bem recebido.

Chuva prejudicou concentração, mas evento de pedetista reuniu bom número de apoiadores. (Foto: Guilherme Henri)Chuva prejudicou concentração, mas evento de pedetista reuniu bom número de apoiadores. (Foto: Guilherme Henri)
Com apoiadores, Odilon diz que mira o governo para melhorar o Estado


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions