A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

07/09/2015 09:05

Com dificuldade, Bernal vai nomear interinos para Educação e Obras

Edivaldo Bitencourt e Aline dos Santos
No retorno ao cargo, Bernal tem dificuldade em definir equipe (Foto: Marcos Ermínio)No retorno ao cargo, Bernal tem dificuldade em definir equipe (Foto: Marcos Ermínio)

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), enfrenta dificuldade para compor o primeiro escalão e, para não deixar os cargos vagos, vai indicar interinos para duas pastas estratégicas: Educação e Obras. Os nomes dos secretários interinos vão ser anunciados nesta terça-feira (8), segundo o secretário municipal de Governo, Paulo Pedra.

Quando assumiu a prefeitura pela primeira vez, em 1º de janeiro de 2013, Bernal também teve dificuldades para nomear os secretários. No entanto, pastas estratégicas tiveram os titulares definidos nos primeiros dias. No entanto, alguns cargos, como o chefe de Gabinete ficaram 13 meses sem titular.

A dificuldade parece maior desta vez. Doze dias após voltar ao cargo por determinação do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, o prefeito só conseguiu nomear quatro secretários: Ricardo Ballock (Administração), Paulo Pedra (Governo), Disney de Souza Fernandes (Planejamento, Controle e Finanças) e Ivandro Corrêa Fonseca (Saúde).

Duas pastas estão sob o comando de interinos: Receita (Disney Fernandes acumula) e Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Rui Nunes da Silva Júnior).

Sem nomes para a Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação, Bernal vai nomear um interino para o cargo. Segundo Paulo Pedra, o nomeado vai ficar por 30 dias, até Bernal concluir as negociações políticas para definir os titulares.

A Secretaria de Obras é a pasta mais importante e vai administrar programas de investimentos de aproximadamente R$ 1 bilhão, que inclui a Mobilidade Urbana, pavimentação, corredores do transporte coletivo, entre outros.

Outra pasta importante que terá interino por 30 dias é a Educação, que precisa definir a reposição das aulas. O cronograma de reposição está sendo feito por cada escola após uma greve de aproximadamente três meses. A pasta também precisa administrar problemas como falta de merenda em algumas unidades e professores.

O titular da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) deve ser anunciado nesta semana. O delegado Valmir Moura Fé também foi confirmado na equipe de Bernal. No entanto, o cargo do delegado ainda não foi definido. Ele teria acertado a chefia de gabinete, mas a nomeação deve sair nesta semana.

O titular da Secretaria Municipal de Ação Social deve ser anunciado nesta semana. O PT pretendia retomar o controle da pasta, mas o partido pode assumir a Educação, com a indicação do ex-deputado federal Antonio Carlos Biffi.

O vereador Marcos Alex (PT) é cotado para assumir a Ação Social. José Chadid, sem partido, pode voltar ao comando da Educação. Outra cotada para a Educação é Luiza Ribeiro (PPS), o que explica o atraso na nomeação de Aldo Donizete para a Fundação Municipal Social do Trabalho. Ele pode assumir a vaga de Luiza na Câmara Municipal.

Ao contrário do primeiro mandato, quando demorou para nomear a titular da Secretaria da Mulher, Bernal deve nomear a titular do cargo antes de outras pastas importantes.

O major Luidson Noleto, do Corpo de Bombeiros, continua cotado para assumir a Secretaria Municipal de Segurança Pública.

Ao chegar para o desfile de 7 de setembro, no Centro, Bernal se esquivou de falar da nova equipe e destacou o civismo da data.



Vai tacar o IPTU lá no teto igual fez da outra vez?
 
Simplificador em 08/09/2015 10:38:20
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions