ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, SEGUNDA  15    CAMPO GRANDE 24º

Política

Com família, Marquinhos vota e espera "surpresa em apuração"

Ex-prefeito não revelou voto para presidente e disse acreditar "na pesquisa de Deus e do povo"

Caroline Maldonado e Bruna Marques | 02/10/2022 11:10
Ex-prefeito e candidato ao governo Marquinhos Trad (PSD), a esposa Tatiana Trad, duas filhas e funcionária da família (Foto: Henrique Kawaminami)
Ex-prefeito e candidato ao governo Marquinhos Trad (PSD), a esposa Tatiana Trad, duas filhas e funcionária da família (Foto: Henrique Kawaminami)

Junto a duas das quatro filhas e a esposa Tatiana Trad, o ex-prefeito e candidato ao governo Marquinhos Trad (PSD) votou durante a manhã, na Escola Municipal Virgílio Alves de Campos, no Bairro Mata do Jacinto. Marquinhos disse estar confiante em uma surpresa positiva no resultado e que as denúncias de assédio sexual, que vem enfrentando, não serão capazes de sobrepor sua história de vida e trabalho que o eleitorado já conhece.

Questionado sobre quem apoia para presidente, se esquivou. “Apoio o povo de Mato Grosso do Sul e as pessoas que querem um Estado com melhor qualidade de vida”, respondeu.

Enquanto caminhava para a seção 316, o ex-prefeito encontrou e cumprimentou a prefeita Adriane Lopes (Patriota). Uma funcionária da família também acompanhou o candidato.

“Creio na pesquisa de Deus e do povo. A campanha foi propositiva e abençoada. Quem me protege não dorme. Deus sabe de todas as coisas. Fiz uma campanha tentando mostrar às pessoas que a construção é melhor do que a destruição. Estou confiante e acredito que vamos ter uma grande surpresa na apuração. Fiz uma campanha com alegria e felicidade, procurei o lado bom das coisas, a construção. Estou feliz, foram 58 anos de vida, as pessoas me conheceram e sei que vão saber diferenciar tudo o que foi mostrado em 58 anos e o que foi mostrado por eles, por 30 dias”, disse referindo-se às denúncias que acredita serem ataques de opositores políticos.

A apuração dos votos, Marquinhos vai acompanhar as filhas e esposa, mas não revelou o local. Enquanto o prefeito votava, Adriane aguardava na fila da seção 352, com o esposo, o deputado estadual e candidato à reeleição Lídio Lopes (Patriota).

Deputado estadual e candidato à reeleição Lídio Lopes (Patriota); Marquinhos Trad (PSD); a esposa, Tatiana Trad (PSD); e a prefeita da Capital, Adriane Lopes (Patriota). (Foto: Henrique Kawaminami)
Deputado estadual e candidato à reeleição Lídio Lopes (Patriota); Marquinhos Trad (PSD); a esposa, Tatiana Trad (PSD); e a prefeita da Capital, Adriane Lopes (Patriota). (Foto: Henrique Kawaminami)

“Começamos um trabalho em 2016, avançamos até aqui e a gente tem um compromisso. Acredito no trabalho dele, ele foi um prefeito do povo de Campo Grande, fez muita coisa pela nossa cidade e na pandemia ele foi um prefeito que foi referência na imunização no Brasil”, comentou a prefeita.

Questionada sobre o cenário da disputa diante das denúncias contra Marquinhos, Adriane se mostrou confiante no segundo turno.

“Não sou juíza. As pessoas estão acusando e está sendo investigado. Vamos esperar o final das investigações. Sou contra qualquer tipo de crime cometido contra as mulheres, mas não sou juíza e não posso condenar ninguém diante de uma acusação e diante de fake news e fatos que aconteceram nessa campanha eleitoral. Eu sempre fui muito respeitada, enquanto mulher, enquanto vice-prefeita. A nossa relação é institucional”, respondeu.

Ela não escondeu sua preferência na eleição presidencial e foi clara ao revelar o voto. “Quer saber meu voto? Eu voto no Bolsonaro”, disse.

Nos siga no Google Notícias