A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 25 de Abril de 2018

02/11/2017 10:32

Com honras militares, palmas e hino, prefeito é sepultado em Corumbá

Paulo Nonato de Souza
Uma multidão acompanhou o sepultamento do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira na manhã desta quinta-feira no Cemitério Santa Cruz, em Corumbá (Foto: Renê Marcio Carneiro)Uma multidão acompanhou o sepultamento do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira na manhã desta quinta-feira no Cemitério Santa Cruz, em Corumbá (Foto: Renê Marcio Carneiro)

Sob aplausos e honras militares, o corpo do prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha de Oliveira, falecido na madrugada desta última quarta-feira (1) após passar por uma cirurgia para corrigir um aneurisma da aorta abdominal, foi sepultado às 10h10 desta quinta-feira (2) no jazigo da família no Cemitério Santa Cruz, na região central da cidade.

O corpo do prefeito foi velado na sede do Corumbaense Futebol Clube, de onde saiu por volta das 8h15 desta quinta-feira, em carro do Corpo de Bombeiros conduzido por batedores da Polícia Militar. Centenas de pessoas, muitas a pé, entre familiares, amigos, correligionários e políticos de vários partidos acompanharam o cortejo pelas vias General Rondon, Firmo de Matos e Dom Aquino Correa, onde fica o Cemitério Santa Cruz.

A cerimônia fúnebre foi marcada por culto ecumênico, honras militares da Marinha, Exército e Polícia Militar, aplausos e canto do hino de Corumbá. Só por volta de 10h10, o corpo do prefeito foi sepultado no jazigo Osvaldo de Oliveira, seu pai, falecido há cerca de 10 anos.

Centenas de pessoas acompanharam a pé o cortejo desde a sede do Corumbaense Futebol Clube até o Cemitério Santa Cruz (Foto: Renê Márcio Carneiro)Centenas de pessoas acompanharam a pé o cortejo desde a sede do Corumbaense Futebol Clube até o Cemitério Santa Cruz (Foto: Renê Márcio Carneiro)

Histórico - Ruiter passou mal na segunda-feira (30), sentindo dores na perna e na barriga, sendo transferido para o Proncor, em Campo Grande, no mesmo dia, de avião. Segundo informações da assessoria de imprensa da Prefeitura de Corumbá, ele sofreu várias paradas cardíacas no pós-operatório e oscilação constante da pressão arterial.

A cirurgia no Proncor terminou por volta das 18h15 de terça-feira com a implantação de uma prótese na aorta, mas os medicamentos aplicados não surtiram efeito e ele teve morte confirmada às 0h28 de quarta-feira, cerca de seis horas após o fim da operação.

Carreira política - Ruiter Cunha de Oliveira nasceu em Corumbá no dia 24 de janeiro de 1964, e se elegeu prefeito da cidade pela primeira vez em 2004, aos 40 anos de idade. Eleito pelo PT, foi reeleito em 2008, e novamente eleito em 2016, mas pelo PSDB.

Em 2014, ele foi candidato a deputado estadual, teve 18.502 votos e ficou na primeira suplência da coligação, mas em 2015, alegando perseguição no partido, Ruiter deixou o PT e foi para o PSDB.

Antes de político, Ruiter era auditor fiscal do Estado. No período em que José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, foi governador, chegou a ocupar o cargo de superintendente de Administração Tributária.

Em luto, PT e PSDB em MS lamentam morte de Ruiter Cunha
O PT e PSDB de Mato Grosso do Sul lamentaram a morte de Ruiter Cunha de Oliveira, então prefeito de Corumbá, que faleceu na madrugada desta quarta-fe...
Assembleia aprova moção de pesar pela morte de Ruiter, mas mantém sessão
Diferente do que havia sido informado pelo presidente da Assembleia Legislativa, Junior Mocchi (PMDB), a sessão da casa de leis não foi suspensa, pel...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions