A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

20/08/2018 20:16

Com mais 9 inscritos, número de candidatos em MS chega a 523

TRE recebeu mais quatro pedidos de inscrição de candidatos a deputado federal e cinco a estadual

Humberto Marques
Justiça Eleitoral tem até 17 de setembro para julgar todos os pedidos de registro de candidaturas. (Foto: Arquivo)Justiça Eleitoral tem até 17 de setembro para julgar todos os pedidos de registro de candidaturas. (Foto: Arquivo)

Com o encaminhamento de mais nove pedidos de registro de candidaturas, o número de concorrentes nas eleições deste ano em Mato Grosso do Sul chegou a 523 às ...h desta segunda-feira (20), conforme dados do sistema do TRE (Tribunal Regional Eleitoral). Agora, os postulantes aguardam o deferimento ou rejeição da documentação, seja por análise da Justiça Eleitoral ou impugnação feita por adversários.

Conforme o calendário eleitoral, esta segunda-feira foi o prazo limite, observando-se o prazo de 48 horas da publicação do edital de candidaturas requeridas, para os concorrentes aprovados em, convenção solicitarem o registro ao TRE, caso seus partidos ou coligações não tenham encaminhado a documentação. O mural eletrônico do tribunal revelou, ao longo do dia, poucos protocolos “avulsos”.

Até esta data, foram apresentados mais quatro registros de pedido de candidatura de deputado federal (elevando de 119 para 123 o total de inscritos na corrida por uma vaga na Câmara Federal) e cinco para deputado estadual –aumentando de 344 para 349 o número de candidaturas à Assembleia Legislativa.

Quanto as demais candidaturas, não houve mudanças registradas pelo tribunal: Mato Grosso do Sul continua com seis postulantes ao governo do Estado e seus respectivos vices, assim como 13 candidatos ao Senado –cada um com dois suplentes, perfazendo 26 inscritos para tal posto.

O nome do senador Pedro Chaves (PRB), que na semana passada anunciou desistir da reeleição sob argumento de quebra de acordo para que fosse o único concorrente na chapa encabeçada por Odilon de Oliveira (PDT) ao governo, seguia no registro do TRE nesta tarde. Ele será substituído pelo vereador Gilmar da Cruz (PRB), seu atual primeiro suplente.

Prazos – O TRE tem até 17 de setembro para julgar todos os pedidos de registro de candidaturas, verificando impeditivos para que os concorrentes participem da eleição –de problemas com a documentação até as exigências da Lei da Ficha Limpa. Até o julgamento, todos os inscritos estão habilitados a realizarem campanha, com pedidos de votos, caminhadas, comícios, carreatas e outras atividades liberadas.

A propaganda eleitoral gratuita no rádio e televisão começa em 31 de agosto, estendendo-se até 4 de outubro. O primeiro turno acontece no dia 7 de outubro, e o segundo turno no dia 28 do mesmo mês.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions