A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

20/08/2018 14:07

Começa a funcionar disque-denúncia do TRE para crimes eleitorais

Denúncias podem ser anônimas, mas Justiça Eleitoral recomenda que eleitor anexe fotos, áudios ou vídeos como provas

Anahi Zurutuza
Página para cadastrar denúncias de crimes eleitorais no site do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (Foto: TRE-MS)Página para cadastrar denúncias de crimes eleitorais no site do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (Foto: TRE-MS)

Já está disponível no site do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) o sistema Web Denúncia, onde o eleitor poderá enviar à Justiça Eleitoral informações sobre supostas irregularidade cometidas pelas campanhas eleitorais e candidatos. O sistema começou a funcionar nesta segunda-feira (20) e 2 denúncias já foram cadastradas.

Na ferramenta, o denunciante deverá preencher todos os itens obrigatórios que estiverem marcados com asteriscos, até finalizar a denúncia. Segundo o TRE-MS, será necessário que o usuário aponte a possível infração eleitoral, a data, o local da ocorrência, a cidade e a descrição da ocorrência, além de informações como o nome do infrator e seu partido/coligação.

O ideal é que o eleitor envie fotos, áudios ou vídeos para comprovar os fatos narrados.
Quando se tratar de suposta futura prática da irregularidade eleitoral, ou seja, situações em que não seja possível anexar evidências, a denúncia deverá obrigatoriamente conter a identificação do denunciante.

O sistema mostra ainda as estatísticas de denúncias feitas durante o período eleitoral de 2018, por meio de tabelas e gráficos contendo tipos e locais da infração, além de quantidades e percentuais.

Para acessar a página do sistema, clique no link: http://www.tre-ms.jus.br/eleitor/denuncias-eleitorais



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions