A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

29/03/2011 11:18

Comissão da Assembleia vai acompanhar denúncias sobre Santa Casa

Aline dos Santos e Ítalo Milhomen
Macas são transformadas em leitos de internação diante da falta de vagas. (Foto: Simão Nogueira).
Macas são transformadas em leitos de internação diante da falta de vagas. (Foto: Simão Nogueira).

A comissão de Saúde e Seguridade Social da Assembleia Legislativa vai passar a acompanhar a situação da Santa Casa de Campo Grande, que mais uma vez está no centro de denúncias de caos e sucateamento.

Hoje, o presidente da Casa de Leis, deputado estadual Jerson Domingos (PMDB), determinou que os integrantes da comissão definissem o presidente.

Lauro Davi, que antes de vencer a eleição para deputado comandou a Cassems (plano de saúde dos servidores estaduais), foi eleito com três votos, incluindo o dele próprio. Ele ainda recebeu os votos de Cabo Almi (PT) e Maurício Picarelli (PMDB).

O posto de presidente também era pretendido por Mara Caseiro (PTdoB) e Dione Hashioka (PSDB), que integram a comissão, mas a ala masculina garantiu a vitória de Lauro Davi.

O presidente da comissão afirma que o maior hospital público do Estado enfrenta problema de gestão e não de falta de recursos. Lauro Davi é contra a intervenção, iniciada desde 2005 no hospital.

Segundo ele, também é preciso verificar a situação no HR (Hospital Regional) Rosa Pedrossian. “Tem falta de funcionários, equipamentos, recursos”, salienta. A comissão fará reunião hoje às 14 h para definir a linha de trabalho.

Sucateada – A Santa Casa enfrenta problemas em todas as áreas, mas a situação é mais severa nos setores de ortopedia, centro cirúrgico e CTI (Centro de Terapia Intensiva). Neste mês, metade dos 33 leitos de CTI adulto estava desativada na Santa Casa.

Há um ano, foi inaugurada uma ala com 15 leitos, que somados aos 18 já existentes, prometiam aliviar o drama da falta de vagas. No Pronto Socorro, macas são transformadas em leitos de internação diante da falta de vagas.

O prefeito Nelsinho Trad (PMDB) calcula que são necessários pelo menos R$ 2 milhões para resolver a curto prazo os problemas de leitos no hospital.

Ainda em construção, o Hospital do Trauma é apontado como a solução para desafogar a Santa Casa. Orçada em R$ 17 milhões, a previsão é que a unidade de saúde, seja entregue no fim de 2012.

Nelsinho pedirá a vereadores união para resolver problemas da Santa Casa
O prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad Filho (PMDB) descartou a possibilidade da criação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para discu...
Prefeito vai buscar R$ 2 milhões para resolver problemas na Santa Casa
Verbas solucionarão deficiências a curto prazoO prefeito de Campo Grande Nelson Trad Filho (PMDB) calcula que pelo menos R$ 2 milhões serão necessár...
Presidente Michel Temer deve ter alta na manhã desta sexta-feira
O presidente Michel Temer deverá ter alta hospitalar na manhã desta sexta-feira (15), informou o médico Roberto Kalil Filho, que coordena os cuidados...


Bom dia!! Toda vez que isto me revolto, pois faço tratamento de cancer, quando iniciei o tratamento fazia todos os exames na santa casa de graça, e hoje é tudo pago. Tenho muita vontade de dar uma entrevista a respeito disso.Falam bonito, pede para fazer mamografia, até ai voce não paga nada, dai pra frente começa a complicação.
 
regina mendes em 30/03/2011 07:41:50
Olá, bom dia!
O caos na Santa Casa é "ocasionado" pela falta de dinheiro.
O contraste: as altas taxas de imposto cobrado pelos governos e a falta de dinheiro para a saúde.
Quais órgãos podem fiscalizar isso? Pois há uma discrepância gritante entre os setores. Está cada vez mais difícil de viver na pos modernidade onde a batalha pro - humano é travada no campo da ética.
Não estamos sabendo definir as prioridades. Estamos esquecendo que a benfeitoria ao pobre não é favor, é direito. Se há riqueza de uma minoria, isso sinaliza injustiça, roubo, fraude, quem fiscaliza isso a ponto de se comprometer pelo outro?
Cada um tem um discurso bonito, mas ninguém se envolve a não ser os profissionais da área. Dava dó de ver o médico da pediatria na globo
o que podemos fazer nada? Vamos fazer uma mobilização para atrair os órgãos responsáveis pela fiscalização e punição dos culpados. Vamos usar a internet. Tem que caçar culpado sim! e puni-los. Só assim o caos é aplacado.
Grato
 
sergio sena em 29/03/2011 02:46:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions