A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

24/04/2013 12:22

Comissão de Saúde se surpreende com boas condições da Santa Casa

Jéssica Benitez
Siufi considera positiva a situação da Santa Casa de Campo Grande (Foto: Vanderlei Aparecido)Siufi considera positiva a situação da Santa Casa de Campo Grande (Foto: Vanderlei Aparecido)

O presidente da Comissão Permanente de Saúde da Câmara Municipal, vereador Paulo Siufi (PMDB), avaliou com otimismo a atual situação da Santa Casa, visitada por membros da pasta na manhã de hoje.

Conforme o peemedebista, a comissão esperava encontrar outra situação instalada no hospital, a exemplo dos últimos acontecimentos. Siufi revelou que problemas recorrentes como superlotação nos leitos da UTI (Unidade de Terapia Intensiva), Pronto Socorro cheio e fila de espera de 48 horas para procedimentos cirúrgicos no setor ortopédico, foram detectados.

“Estes são problemas são crônicos na saúde do Brasil inteiro. Nunca vi a Santa Casa em situação tão positiva, nem mesmo quando trabalhei lá. Em setembro de 2012, na condição de presidente da Casa, acompanhei a comissão de saúde e de lá para cá houve inúmeras melhorias”, disse.

Além disso, o vereador contou, ainda, não ser procedente a denúncia de que estaria faltando desfibriladores no hospital. “Tem um desfibrilador em cada andar, uns novos e outros velhos, mas todos em funcionamento”, explicou.

Durante a inspeção os vereadores questionaram sobre a qualidade do atendimento aos próprios pacientes e, conforme os parlamentares, não houve reclamações. A limpeza da Santa Casa também foi bastante elogiada pela comissão.

Cronograma – Amanhã a fiscalização ocorre no Hospital do Câncer e sexta-feira é a vez da maternidade Candido Mariano ser inspecionada. A comissão já visitou a USBF (Unidade Básica da Saúde da Família) do bairro Vida Nova II e o posto de saúde do bairro Tiradentes.

Os relatórios destes destinos já estão prontos e serão enviados ao secretário Municipal de Saúde, Ivandro Rocha. Segundo Siufi, dois problemas de grande relevância foram detectados.

“No Vida Nova II não existe um farmacêutico para administrar a farmácia do lugar e no Tiradentes o aparelho de Raio X está quebrado fazendo com que os pacientes tenham que se deslocar a outros bairros para fazer o exame”, finalizou Siufi.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions