A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2018

01/05/2013 11:48

Comissão nomeada por André para eleição de 2014 faz primeira reunião

Zemil Rocha
Mochi aproveitará reunião do PMDB para comissão começa a discutir 2014 (Foto: Giuliano Lopes)Mochi aproveitará reunião do PMDB para comissão começa a discutir 2014 (Foto: Giuliano Lopes)

A comissão anunciada pelo governador André Puccinelli para conduzir as definições do PMDB para as eleições de 2014 terá sua primeira reunião na segunda-feira (6). A comissão, criada pelo governador no dia 19 de abril, é integrada pelo presidente regional do PMDB, Oswaldo Mochi Júnior, o senador Waldemir Moka e os pré-candidatos peemedebistas a governador e ao Senado, respectivamente Nelsinho Trad e Simone Tebet, recém-nomeados secretários para conduzir a área política do governo estadual.

“Vamos aproveitar a reunião do diretório do PMDB na segunda-feira e, depois dela, sentar e definir a atuação da comissão”, informou Mochi, que foi supreendido com a criação da comissão e disse, no dia seguinte ao anúncio, entender ser necessária um encontro anterior com André para planejar o trabalho do grupo, o que não aconteceu.

Indagado se já preparou algum tipo de roteiro para definição do PMDB sobre a sucessão estadual, Mochi respondeu negativamente. “Ainda não tenho idéia do que vamos fazer. Teremos que sentar e ouvir a opinião de todo mundo”, declarou o presidente regional peemedebista.

Para ele, os encontros regionais do PMDB que estão sendo organizados vão propiciar importantes informações que deverão ser levadas em conta pela comissão criada pelo governador André Puccinelli. “Vamos ouvir as bases, ver o sentimento dos nossos companheiros”, opinou o dirigente.

A escolha do candidato a governador do PMDB, na avaliação de Mochi, deve passar necessariamente pela vontade do eleitorado, a ser levantada através de pesquisas quantitativas e qualitativas.

Mochi defende ainda que o PMDB comece a encaminhar e trabalhar chapas proporcionais (deputado federal e deputado estadual). “Não pode deixa isso para depois. Temos que fazer concomitantemente com a discussão da chapa majoritária”, propôs o presidente do partido. “Devemos regionalizar o Estado, com candidaturas fortes do ponto de vista regional, e buscar também nomes que têm peso a nível estadual”, acrescentou.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions