A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

10/09/2015 21:16

Convidada para secretaria, ex-vereadora se assusta com violência

Edivaldo Bitencourt e Antonio Marques
Tereza diz que foi convidada para assumir secretaria (Foto: Reprodução/Facebook)Tereza diz que foi convidada para assumir secretaria (Foto: Reprodução/Facebook)

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), estuda nomear a ex-vereadora Tereza Name para assumir a Secretaria Municipal das Mulheres. O convite foi revelado, na noite de hoje, pela própria em postagem no Facebook. Além do convite, ela se mostrou assustada com a violência contra a mulher na Capital.

"Fui convidada pelo prefeito Alcides Bernal para assumir a Secretaria da Mulher", revelou. Tereza comentou que foi analisar a situação da mulher e ficou assustada com a realidade. Ao assumir a pasta, ela também vai ficar responsável pela Casa da Mulher Brasileira.

Na segunda-feira, o secretário municipal de Governo, Paulo Pedra, revelou que a primeira nomeação desta semana seria da nova titular da Secretaria da Mulher.

Tereza Name foi vereadora eleita em 2000, quando obteve cerca de 10 mil votos. No entanto, ela só cumpriu um mandato e se dedicou a projetos sociais. No ano passado, seria candidata a deputada estadual, mas desistiu do pleito para não contrariar a família. Pedro Chaves dos Santos Filho. Ela é irmã do ex-deputado estadual e conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Jerson Domingos. 

Nesta quinta-feira, mais duas nomeações para pastas da Prefeitura Municipal foram divulgadas no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande). Foram nomeados interinamente os presidentes da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) e da Agereg (Agência de Regulação de Serviços Públicos).

O arquiteto e técnico da Agetran, Elídio Pinheiro Filho, foi nomeado presidente interino da mesma pasta. Ritva Cecília de Queiroz Garcia Vieira, que já comandou a Agereg e volta como presidente do orgão nesta segunda administração de Alcides Bernal (PP), também de forma interina.

Doze dias após voltar ao cargo por determinação do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, o prefeito só conseguiu nomear quatro secretários: Ricardo Ballock (Administração), Paulo Pedra (Governo), Disney de Souza Fernandes (Planejamento, Controle e Finanças) e Ivandro Corrêa Fonseca (Saúde).

Duas pastas estão sob o comando de interinos: Receita (Disney Fernandes acumula) e Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Rui Nunes da Silva Júnior).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions