A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

14/05/2013 16:29

CPI da Saúde amplia investigação para a oncologia da Santa Casa

Zemil Rocha e Helton Verão
Primeira reunião da CPI da Saúde esta tarde na Câmara da Capital  (Foto: Simão Nogueira)Primeira reunião da CPI da Saúde esta tarde na Câmara da Capital (Foto: Simão Nogueira)

A recém-criada CPI da Saúde da Câmara de Campo Grande poderá ter seu objeto de investigação ampliado já na próxima sessão da Câmara, nesta quarta-feira. Instalada para apurar denuncias sobre fraudes no Hospital do Câncer Alfredo Abrão e Hospital Universitário (HU), a CPI poderá também averiguar denuncias de irregularidades no setor de oncologia da Santa Casa de Campo Grande.

O pedido de ampliação da investigação para a Santa Casa foi proposto esta tarde, na primeira reunião da CPI, na Câmara, pelo vereador Ademar Vieira Junior, o Coringa (PSD), que vai protocolar o requerimento na sessão de quarta-feira. “Nossa intenção é abranger o máximo possível”, justificou Coringa, obtendo apoio dos colegas de CPI, Flávio Cesar (presidente), Carla Stefanini (relatora), Derly dos Reis, o Cazuza, e Marcos Alex (PT).

No documento apresentado na CPI, Coringa pede para serem também investigadas “possíveis irregularidades na administração de recursos públicos e atendimento no setor de oncologia da Santa Casa”.

Com essa adequação, que deverá ser aprovada pela Câmara, a CPI passa a abranger em sua investigação os mesmos hospitais que estão ligados ao tratamento do câncer na Capital e que estão na mira da força-tarefa criada pelo Ministério da Saúde, a partir da denúncia de fraudes veiculadas pelo Fantástico, da Rede Globo. O atendimento oncológico é concentrado em quatro unidades que prestam serviço ao SUS (Sistema Único de Saúde) em Campo Grande: Hospital Regional Rosa Pedrossian, Santa Casa, Hospital Universitário e Hospital do Câncer.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions