A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

08/08/2013 19:02

Delcídio diz ter pesquisa mostrando que povo não vincula Bernal ao PT

Zemil Rocha
Delcídio não acredita que efeito Bernal prejudique o PT em 2014 (Foto: Arquivo)Delcídio não acredita que "efeito Bernal" prejudique o PT em 2014 (Foto: Arquivo)

O senador Delcídio do Amaral (PT) descrê que os problemas e acusações enfrentados pelo prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), causem danos ao PT ou sua candidatura ao governo do Estado no ano que vem. “As pessoas separam bem as coisas”, afirmou ele, ao ser indagado se não temia que os petistas sofressem prejuízos eleitorais por causa de Bernal.

“Tem pesquisa que mostra isso. A população separa muito bem as coisas. O Alcides tomou uma decisão de adotar uma gestão independente”, declarou o senador petista, evitando qualquer julgamento sobre a administração municipal, que tem a participação de quadros do PT, como Thais Helena, atual secretária municipal de Assistência Social, e Semy Ferraz, secretário de Obras, e o líder do prefeito na Câmara, Marcos Alex. “Até pelo perfil que o Alcides adotou na prefeitura, a população já compreendeu. O desempenho dele não vincula o PT”, insistiu.

Na eleição do ano passado, o PT e o senador Delcídio apoiaram Alcides Bernal no segundo turno, quando enfrentou Edson Giroto (PMDB). Havia grande expectativa de mudanças com a administração de Bernal, que prometeu revolucionar o setor da saúde pública e coloca as pessoas em primeiro lugar. Nestes primeiros sete meses de gestão, porém, Bernal não conseguiu implementar seus programas, vive gerenciando crises, responde a denúncias de irregularidades e enfrenta graves problemas de governabilidade, já que tem minoria na Câmara de Campo Grande.

Delcídio explica que a intenção do seu partido sempre foi o de buscar o melhor para Campo Grande. “Evidente que o PT sempre esteve na discussão para ajudar Campo Grande. E seja qual for o prefeito”, disse o senador.

Assembleia recebe prestação de contas e fará limpeza de pauta antes do recesso
A última semana de trabalho do Poder Legislativo de Mato Grosso do Sul em 2017 será aberta com a audiência pública para prestação de contas do govern...
Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...


delcidio estamos juntos ,voce esta no caminho certo ,conta com nós do ceasa.
 
ronaldo ferreira bicalho em 08/08/2013 20:00:42
Na eleição do ano passado, o PT e o senador Delcídio apoiaram Alcides Bernal no segundo turno, quando enfrentou Edson Giroto (PMDB). Havia grande expectativa de mudanças com a administração de Bernal, que prometeu revolucionar o setor da saúde pública e coloca as pessoas em primeiro lugar. Nestes primeiros sete meses de gestão, porém, Bernal não conseguiu implementar seus programas, vive gerenciando crises, responde a denúncias de irregularidades e enfrenta graves problemas de governabilidade, já que tem minoria na Câmara de Campo Grande. E ASSIM ESTE CARA QUER SER NOSSO GOVERBADOR???? APOIANDO O BERNAL???NÃO QUEREMOS NOSSO ESTADO COMO ESTA NOSSA CIDADE.
 
ELY MONTEIRO em 08/08/2013 19:31:19
Ué? Na hora da campanha, o PT assinava embaixo; depois de se eleger e fazer uma bobagem atrás da outra na cidade, não conhecem mais o Bernal? Tiro no pé, hein Delcídio? Esse é o problema de apoiar quem não tem condições de administrar uma cidade. Mas fica tranquilo que o povo não vai lembrar, na campanha pra governador, que vocês ficaram abraçados na campanha do segundo turno.
 
Nelson dos Santos em 08/08/2013 19:22:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions