A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

10/08/2009 06:10

Delcídio e Nelsinho ampliam vantagem em briga ao Senado

Redação

A pesquisa realizada no início do mês em 40 municípios pelo Ipems (Instituto de Pesquisas de Mato Grosso do Sul) também levantou o cenário na disputa pelas duas vagas ao Senado para 2010, e coloca o petista Delcídio do Amaral na liderança.

Aos 2 mil eleitores entrevistados em todo o Estado, foram apresentados os sete nomes cogitados atualmente como possíveis candidatos dentro das alianças que começam a ser costuradas.

Cada um dos abordados teve de escolher dois nomes, indicando para quem daria o 1º voto e qual seria sua 2ª opção na urna, já que em 2010 Mato Grosso do Sul terá duas vagas abertas no Senado.

O senador Delcídio do Amaral (PT) conseguiu o melhor desempenho, com 28,5% das intenções de primeiro voto, mas é seguido muito de perto pelo prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad, que aparece com 27% da preferência.

Os dois estão em larga vantagem em relação aos demais concorrentes. A prefeita de Três Lagoas, Simone Tebet (PMDB), que surge como terceiro lugar na disputa, tem 17 pontos percentuais a menos, escolhida por 10,55% dos entrevistados.

O deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT) é o quarto, com 9,55% e o vice-governador Murilo Zauith (DEM) avançou, alcançado a quinta posição com 6,4.

Nas últimas colocações estão o deputado federal Waldemir Moka (5,9%) e o senador Valter Pereira (2,65%), ambos também do PMDB.

Outra opção - Já no ranking de segundo voto do eleitor, Nelsinho assume a liderança, citado por 21,05%. Delcídio fica em segundo lugar, com 17,8%, seguido por Dagoberto (13,3%), Simone (10,7%), Moka (6,65%), Murilo (5,15%), e Valter Pereira (4,85%).

No percentual acumulado - considerando a soma da primeira e da segunda opções de voto, Nelsinho é o melhor colocado, com 48,05%. Delcídio soma 46,3%, Dagoberto tem 22,85%; Simone outros 21,25%; Moka surge com 12,55%, Murilo alcança 11,55% e Valter Pereira é o último com 7,5%

O número de pessoas que disseram não saber ou não optar por nenhum desses possíveis candidatos é de 18,10%.

O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima estimada é de 2,19 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Quadro comparativo da intenção de 1º e 2º votos

acumulados "estimulado" para senador(a)

Candidato

Partido

%
Nelsinho TradPMDB 48,05
Delcídio do Amaral PT 46,30
Dagoberto NogueiraPDT

22,85

Simone Tebet PMDB 21,25
MokaPMDB12,55
Não sabe/Não opinou   11,58
Murilo ZauithDEM11,55
Nenhum deles   8,75
Valter PereiraPMDB7,50

Alinhavos - Dos sete nomes apresentados, apenas Nelsinho e Simone Tebet não assumiram a posição de candidatos. Ambos são apresentados pelo governador André Puccinelli como

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions