A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Agosto de 2017

26/11/2014 10:12

Delcídio e Reinaldo arrecadaram R$ 49,9 milhões na disputa do Governo

Edivaldo Bitencourt e Kleber Clajus
Governador eleito, ao lado do presidente da Assembleia, Jerson Domingos, durante reunião com os deputados estaduais na manhã de hoje (Foto: Marcos Ermínio)Governador eleito, ao lado do presidente da Assembleia, Jerson Domingos, durante reunião com os deputados estaduais na manhã de hoje (Foto: Marcos Ermínio)

Os candidatos a governador de Mato Grosso do Sul, Delcídio do Amaral (PT) e Reinaldo Azambuja (PSDB), arrecadaram R$ 49,9 milhões, segundo a prestação de contas apresentada ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Construtoras, frigoríficos e bancos foram os principais doadores da campanha eleitoral.

Eleito no segundo turno com 54% dos votos, Reinaldo obteve o maior volume de recursos, R$ 25.323.019,00. O principal financiador foi o JBS, que repassou R$ 10,5 milhões, através . O frigorífico é o maior produtor de carne do País.

Também contribuíram com a campanha do tucano a Buriti Comércio de Carnes, com R$ 946 mil, Roberto de Oliveira Silva, com R$ 700 mil, o empresário Antônio Morais dos Santos Júnior, com R$ 500 mil, Ivanildo da Cunha Miranda, com R$ 480 mil, e Murilo Farrezi Machado Borges, com R$ 450 mil.

O próprio candidato tucano doou R$ 400 mil para a campanha, segundo o relatório disponibilizado pela Justiça Eleitoral.

Delcídio arrecadou R$ 24.669.190,50. O maior doador foi a Construtora Norberto Odebrecht S.A., com R$ 2,9 milhões.

Completam a lista as construtoras Andrade Gutierrez S.A. (R$ 2,850 milhões), UTC Engenharia (R$ 2,327 milhões), Triunfo (R$ 1,5 milhão), Equipav Engenharia (R$ 1,425 milhão), Mediservice Operadora de Planos de Saúde (R$ 1 milhão), Conenge Manutenção e Montagem Industrial (R$ 999,9 mil), Construtora OAS (R$ 622,5 mil), Induspan Indústria e Comércio de Couros Pantanal (R$ 900 mil), PSG Tecnologia Aplicada (R$ 850 mil), Engevix Engenharia (R$ 712,5 mil), Banco BTG Pactual (R$ 600 mil), Ice Cartões Especiais (R$ 480 mil), João Roberto Baird (R$ 600 mil) e Itel Informática (R$ 450 mil) e Neiva Maria Marcon (R$ 500 mil).

Outros – No primeiro turno, a maior arrecadação foi obtida pelo candidato a governador Nelsinho Trad (PMDB), que arrecadou R$ 8,7 milhões. O candidato do PSOL, Sidney Melo, obteve R$ 1.242 e o do PSTU, Marco Antônio Monje , R$ 1.208,07.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions