A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

28/09/2014 16:53

Delcídio promete carga tributária menor para empreendedores

Kleber Clajus
Para candidato, alíquotas interestaduais do ICMS devem ser unificadas até 2026 (Foto: Marcelo Calazans / Arquivo)Para candidato, alíquotas interestaduais do ICMS devem ser unificadas até 2026 (Foto: Marcelo Calazans / Arquivo)

O candidato do PT ao governo do Estado, Delcídio Amaral, tem por meta reduzir a carga tributária para empreendedores, além de assegurar um plano de investimento para os próximos 20 anos focado na qualificação profissional e em um governo digital.

“Eleito governador, não vou aterrorizar ninguém. Meu foco é facilitar a vida da iniciativa privada, para incentivar quem investe com descentralização, agilidade e planejamento”, ressaltou o candidato por sua assessoria de imprensa.

Na questão tributária, o petista destaca que a principal reforma deve ocorrer no ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) com a unificação das alíquotas interestaduais em 4% até 2026. Ainda há, em seu plano de governo, proposta para ampliação do subteto do Simples de R$ 1,8 milhão para R$ 3,6 milhões e o estabelecimento de incentivos fiscais diferenciados para cada região do Estado.

Com relação ao planejamento, Delcídio pretende criar programas de qualificação de mão de obra local para a chegada de novas indústrias, bem como que sua gestão será digital e capaz de garantir transparência quanto ao destino e aplicação dos impostos.

Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions