A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

19/03/2012 23:50

DEM só deve definir caminho nas eleições depois de maio, diz Mandetta

Jeozadaque Garcia
Para deputado, qualquer decisão tomada pelo DEM antes de maio é ‘prematura’. (Foto: João Garrigó)Para deputado, qualquer decisão tomada pelo DEM antes de maio é ‘prematura’. (Foto: João Garrigó)

Fora da corrida pela Prefeitura de Campo Grande, o deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM) afirma que o partido só deve definir seu rumo nas eleições deste ano depois de maio. O parlamentar se reuniu no final da tarde desta segunda-feira (19) com o prefeito Nelson Trad Filho (PMDB), mas garantiu que não falou sobre sucessão municipal.

“Não falamos sobre sucessão e não me encontrei com o Reinaldo [Azambuja, pré-candidato do PSDB que também se reuniu com Nelsinho]. O DEM ainda está escutando os partidos, analisando os quadros e avaliando qual o melhor caminho para tomar sua decisão no momento certo. Acredito que qualquer decisão antes de maio é prematura”, afirma.

Há uma orientação nacional do DEM para que o partido apoie o PSDB no pleito de outubro. Em Campo Grande, no entanto, apesar de fazer parte do grupo político do governador André Puccinelli (PMDB), Mandetta não confirmou apoio ao candidato peemedebista, o também federal Edson Giroto (PMDB).

“A orientação nacional é importante, mas temos que ver como as coisas se encaminham no final de março, como se cristalizam em abril para que possamos tomar um bom caminho depois”, analisa.

O parlamentar reconhece que tem uma “relação muito forte com o prefeito”, porém, deve analisar os projetos do PSDB e PMDB para decidir quem apoiar. “Tem que apresentar um projeto sólido para o DEM”, despista.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions