A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

06/06/2012 15:39

Deputado questiona aplicação de empréstimo de R$ 55 milhões pela Enersul

Fabiano Arruda
Marquinhos Trad quer cópia do empréstimo solicitado pela Enersul de R$ 55 milhões. (Foto: Divulgação)Marquinhos Trad quer cópia do empréstimo solicitado pela Enersul de R$ 55 milhões. (Foto: Divulgação)

O deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB) questionou, durante a sessão da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira, a aplicação de empréstimo de R$ 55 milhões da Enersul junto ao Banco Original do Agronegócio.

O parlamentar apresentou requerimento à Mesa Diretora da Casa de Leis para solicitar a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) cópia do pedido da concessionária ao órgão, solicitando autorização para contrair o empréstimo.

A Enersul possui cerca de R$ 50 milhões de dívida com a Aneel, o que impossibilita a aplicação do reajuste da tarifa, autorizado desde o dia 8 de abril.

A agência já afirmou que a empresa não sinalizou que o empréstimo tenha sido feito para pagar a dívida milionária.

“Se o reajuste estivesse em vigor, em dois meses eles (Enersul) teriam condição de pagar a dívida”, afirmou o peemedebista.

Trad ainda destacou que pediu fiscalização de órgãos, como o Ministério Público Estadual, para investigar o destino da aplicação dos recursos pela empresa. “Para onde vai o dinheiro? Onde está sendo investido?”, questionou, revelando temer que os desdobramentos prejudiquem o consumidor com reajustes futuros.

Entenda - Em julgamento no início de abril, a Aneel aprovou a aplicação do reajuste para a Enersul. Os índices são de 2,92% para indústrias e 2,47% para a classe residencial, o que resulta em média de 2,59% de alta para os clientes.

Questionada sobre a dívida, a Enersul, por da assessoria de imprensa, destacou, em ocasiões anteriores, que a concessionária é uma das menos endividadas do País.

No início de abril, a empresa divulgou balanço que aponta lucro de R$ 151,8 milhões em 2011 contra 85,4 milhões em 2010. A receita operacional atingiu R$ 1,9 milhão.

Além disto, o relatório trouxe análise independente de auditores, que aponta a crise na Celpa (Centrais Elétricas do Pará) como ameaça à Enersul na obtenção de capital de giro.

Aneel diz que Enersul não sinalizou pagamento de dívida e reajuste segue congelado
A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), por meio da assessoria de imprensa, afirmou que a Enersul segue inadimplente junto ao órgão e não deu...
Após 2 meses, Enersul segue impedida de reajustar tarifa por causa de dívida
A Enersul segue impedida de aplicar reajuste na tarifa de energia elétrica, autorizado pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) para entrar ...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...


cade o restos dos deputados que não fazem nada,só um que vai a luta contra essa enersul.o nosso dinheiro cobrado a mais por essa enersul,como que esta sendo devolvido se no talão de luz não especifica valores devolvidos, nos pagamos em dinheiro vivo e agora eles devolvem em serviço o certo e em dinheiro.
Quero que devolvam em dinheiro como eu paguei,
cade MP,não faz nada?
 
antonio alves avelino em 06/06/2012 08:29:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions