A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

03/09/2015 14:27

Deputados comemoram aprovação de janela partidária no Senado

Leonardo Rocha
Marquinhos disse que se a janela for aberta, não vai precisar entrar na Justiça para deixar o PMDB (Foto: Divulgação/ALMS)Marquinhos disse que se a janela for aberta, não vai precisar entrar na Justiça para deixar o PMDB (Foto: Divulgação/ALMS)

Os deputados estaduais Marquinhos Trad (PMDB) e Beto Pereira (PDT) comemoraram a aprovação da janela partidária, ontem (02), no Senado Federal. Desta forma não vão precisar da autorização da Justiça, para mudar de partido, sem perder o mandato. Nesta mesma situação aparece o deputado federal Elizeu Dionísio (SD), que também pretende mudar de legenda.

Marquinhos Trad ressaltou que estava confiante nesta decisão e que agora é apenas aguardar a sanção da presidente Dilma Rousseff (PT). “Vamos esperar com calma, ter paciência para que quando for aberta possamos escolher o partido, que tenha um conteúdo programático que nos interesse”.

Ele disse que no momento certo vai anunciar para que partido pretende mudar, no entanto adiantou que tem duas boas propostas. Ele já declarou anteriormente que uma delas se trata do convite do ministro das Cidades, Gilberto Kassab, para fazer parte do PSD.

Já Beto Pereira (PDT) viu como positivo esta aprovação no Senado, no entanto ressaltou que já tinha entrado na Justiça, há duas semanas, para deixar o seu partido, pois acredita que a sua situação preenche os requisitos legais. “Tenho a minha saída justificada, aguardo apenas a decisão, mas a janela é um nova alternativa, importante para quem quer mudar”, disse ele.

O deputado Eduardo Rocha (PMDB) ressaltou que apesar de em alguns casos enfraquecer os partidos, a janela também vai servir para resolver impasses que não tiveram acordo. “Tem gente que aguenta ficar com quem não gosta e também não queremos que fique conosco quem não gosta da gente”, disse ele.

Para Pedro Kemp (PT) esta ação apenas prejudica os partidos e permite que haja um troca de legendas por políticos, em função apenas de conveniência. “Sou defensor de que o mandato pertence ao partido”. Ele disse que com a janela o PT pode perder mais integrantes. “Sabemos que poderá haver novas saídas, pelo desgaste do governo”. Entramos em contato com o deputado Elizeu Dionísio, mas ele não atendeu as ligações.

Janela – Esta emenda aprovada pelos senadores concede um prazo de 30 dias para que os interessados possam formalizar a saída dos partidos, sem perder seus respectivos mandatos. A janela deve ser aberta um mês antes do fim do período de filiação partidária, ou seja, 13 meses antes da eleição.

Será permitida esta migração de legendas a cada dois anos. Um dos objetivos é evitar que sejam criados novos partidos políticos apenas para abrigar parlamentares insatisfeitos com seus atuais.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions