A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Agosto de 2017

04/04/2017 13:14

Deputados questionam compra de jogos de sexualidade pela prefeitura

A compra dos brinquedos, avaliada em R$ 80 mil, inclui Jogo de Corpo e Vale Sonhar

Lucas Junot
Antonieta Amorim e Paulo Siufi, durante sessão ordinária desta terça-feira (4) (Foto: Victor Chileno/ALMS)Antonieta Amorim e Paulo Siufi, durante sessão ordinária desta terça-feira (4) (Foto: Victor Chileno/ALMS)

A polêmica licitação para aquisição de jogos de sexualidade humana, a serem utilizados pelos alunos da Reme (Rede Municipal de Ensino), em Campo Grande, foi motivo de discussão na Assembleia Legislativa, durante a sessão ordinária desta terça-feira (4).

O edital abrindo o processo foi publicado dia 7 de junho do ano passado, no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande), ainda durante a administração do então prefeito Alcides Bernal (PP) e, na época, causou inquietação na Câmara Municipal.

No ano passado, a assessoria do então prefeito esclareceu que os jogos seriam utilizados em campanhas contra DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis), realizadas pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde).

Apenas os jogos educativos e lúdicos que constam no edital de abertura da licitação seriam destinados à Semed (Secretaria Municipal de Educação) - ou seja, os materiais serão comprados juntos, mas destinados para pastas diferentes e com uso diferente também.

O deputado Paulo Siufi (PMDB) pediu o cancelamento da licitação para aquisição de jogos. Para ele, a justificativa de evitar a sexualidade precoce é uma aberração.

“A compra dos brinquedos, avaliada em R$ 80 mil, inclui Jogo de Corpo e Vale Sonhar. Mais uma vez, os pais estão perdendo a opção de educar sobre a sexualidade dos filhos. Peço que o prefeito Marcos Marcelo Trad suspenda a licitação e não cometa uma aberração com as famílias”, disse Siufi.

Professor Rinaldo (PSDB), Herculano Borges (SD), Antonieta Amorim (PMDB) e Grazielle Machado (PR) dividem a mesma opinião. Em aparte, os deputados ressaltaram a importância de lutar pela manutenção dos direitos dos pais e a não transferência desta responsabilidade à escola.

O deputado Lidio Lopes (PEN), marido da vice prefeita, Adriane Lopes (PEN), informou que a licitação foi aberta na administração anterior e será cancelada.

Jogos de sexualidade serão usados em campanhas contra DSTs, diz prefeitura
A prefeitura de Campo Grande esclareceu, por meio da assessoria de imprensa, que os jogos de sexualidade humana que devem ser comprados na próxima qu...
Compra de jogos de sexualidade humana pela prefeitura é questionada
A abertura de licitação para a compra de jogos de sexualidade humana pela prefeitura de Campo Grande trouxe questionamentos sobre a situação durante ...
Ainda tem o que entregar sobre Michel Temer em delação, diz Funaro
O corretor de valores Lúcio Bolonha Funaro, preso na Papuda, em Brasília, disse nesta quarta (16) que "ainda tem" o que entregar sobre o presidente M...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions