A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

27/01/2014 19:39

Dilma ainda vai influir no cenário eleitoral de MS, prevê Jerson Domingos

Josemil Arruda
Jerson acredita que Dilma vai conversar com André sobre disputa para o Senado (Foto: arquivo)Jerson acredita que Dilma vai conversar com André sobre disputa para o Senado (Foto: arquivo)

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Jerson Domingos (PMDB), acredita que a presidente Dilma Roussef (PT) vai querer ouvir o governador André Puccinelli (PMDB) sobre a eleição em Mato Grosso do Sul, podendo inclusive influenciar a favor de uma aliança eleitoral.

“Acredito que a presidente da República não deverá ficar ausente das eleições no Mato Grosso do Sul. Acho que vai querer ouvir o governador sobre candidato ao Senado. É uma eleição muito maior do que dentro do Estado e há um grande interesse da Dilma. Como André já manifestou apoio, penso que ela vai querer ouvir o governador sobre quem serão os candidatos”, opinou Domingos.

A partir dessa conversa de Dilma com André, na avaliação do parlamentar, é que realmente será definido o cenário eleitoral de Mato Grosso do Sul, hoje galvanizado entre as pré-candidaturas do senador Delcídio do Amaral (PT) e do ex-prefeito Nelsinho Trad (PMDB). “A partir daí toma-se um rumo, com aliança ou sem aliança. Nada hoje é conclusivo. Um pedido da presidente para o André é muito forte e André tem muito respeito pela Dilma”, argumentou.

Para o presidente da Assembleia, só a partir do final do próximo mês é que o cenário eleitoral sul-mato-grossense começa a se definir. “Vamos começar a ter fatos que são reais a partir de final de fevereiro”, previu.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions