A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

06/05/2015 11:40

Diretor da Santa Casa diz a deputados que irá apresentar resultado de auditoria

Flávia Lima e Leonardo Rocha
Auditoria feita na Santa Casa deve ser apresentada esta semana. (Foto:Marcelo Calazans)Auditoria feita na Santa Casa deve ser apresentada esta semana. (Foto:Marcelo Calazans)

O diretor-presidente da Santa Casa, Wilson Teslenco esteve na sessão desta quarta-feira (6) da Assembleia Legislativa e afirmou que até o final da semana vai apresentar um balanço sobre as contas do hospital. A empresa BDO Trevisan, responsável pela auditoria, vem realizando o trabalho desde o final de 2014. Segundo Teslenco, além do balanço, a empresa também vai emitir um parecer, que também será divulgado sobre a avaliação que fez da atual situação financeira do hospital.

Apesar da divulgação do relatório, o diretor lembrou que a Santa Casa divulga, trimestralmente, os serviços realizados na unidade hospitalar e que a informação pode ser checada no site do hospital. No entanto, a divulgação dos trabalhos da auditoria deverá ajudar no impasse entre prefeitura e governo do Estado quanto a divisão dos R$ 4 milhões pleiteados pela Santa Casa para garantir a prestação de serviços e o contrato com a prefeitura.

Desde o início das negociações, o governo afirma que só ampliaria sua ajuda de custo, caso uma auditoria fosse feita no hospital, informando, em detalhes, a destinação da verba. Teslenco ainda ressaltou que gostaria de formar um contrato de pelo menos cinco anos com a prefeitura no valor de R$ 4 milhões, com cláusulas definindo reajustesbaseados na inflação, com o objetivo de evitar, todo final de ano, as reuniões de readequação de valores.

“Caso esse contrato não seja firmado e o repasse for menor, a Santa Casa terá que reduzir os serviços”, disse. Além disso, Teslenco pede um posicionamento dos poderes quanto ao auxílio financeiro prestado ao hospital. “Como a saúde fica a cargo da União, prefeitura e Estado, cada poder foge da sua responsabilidade. É preciso definir o que é prioridade, lembrando que se for reduzido o repasse, existem serviços que precisam de urgência e serão prejudicados, como as cirurgias”, diz.

A deputada Mara Caseiro (PT do B), presidente da Comissão de Saúde da Assembleia, disse que tentaria agilizar, para esta quinta-feira (7), reunião entre os secretários de saúde do Estado, Nelson Tavares e do município, Jamal Salém, para tratar da questão. O encontro também estaria aberto aos deputados e vereadores.

Nesta terça-feira (5), a Santa Casa suspendeu os atendimentos de média complexidade no hospital, obrigando muitos pacientes que tinham consultas agendadas há pelo menos três meses, a retornarem para casa.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions