ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUINTA  26    CAMPO GRANDE 21º

Política

Eleição para presidência da OAB-MS segue até 17 horas desta sexta

Cerca de 10 mil advogados estão aptos a votar em todo o Estado

Por Jhefferson Gamarra | 19/11/2021 14:08
Candidato da chapa 22 "Mais OAB", advogado Bitto Pereira. (Foto: Gerson Walber/OAB)
Candidato da chapa 22 "Mais OAB", advogado Bitto Pereira. (Foto: Gerson Walber/OAB)

Os três candidatos que concorrem à presidência da OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil Mato Grosso do Sul) confirmaram seus votos nesta sexta-feira (19), para eleger a nova diretoria da seccional sul-mato-grossense. O novo presidente ficará à frente do órgão no triênio 2022-2024. Todos os candidatos foram às urnas no início da tarde.

Três chapas estão concorrendo, são elas: "Mais OAB", encabeçada pelo advogado Luis Cláudio Alves Pereira; "Um Novo Tempo para a OAB/MS", com a advogada Rachel Magrini; e a chapa "OAB 4.0: Mudança de Verdade", da advogada Giselle Marques.

Advogada Rachel Magrini, da chapa 11 "Um Novo Tempo para a OAB/MS". (Foto: Gerson Walber/OAB)
Advogada Rachel Magrini, da chapa 11 "Um Novo Tempo para a OAB/MS". (Foto: Gerson Walber/OAB)

A candidata Rachel Magrini, da chapa 11 "Um Novo Tempo para a OAB/MS”, foi secretária-geral da OAB/MS e diretora-geral da Escola Superior de Advocacia (ESA/MS). Na eleição passada, ficou em terceiro lugar na disputa pela presidência da seccional.

Liderando a chapa 22 "Mais OAB", o advogado Bitto Pereira é o candidato apoiado pela situação e conselheiro federal em seu segundo mandato. Além disso, é atual vice-presidente da Escola Superior de Advocacia Nacional (ESA).

A representante da chapa 33 "OAB 4.0: Mudança de Verdade”, Giselle Marques teve atuação como advogada de sindicatos de trabalhadores, além de ter sido conselheira estadual e secretária-geral da seccional em 1999.

Representante da chapa 33 "OAB 4.0: Mudança de Verdade”, Giselle Marques. (Foto: Gerson Walber/OAB)
Representante da chapa 33 "OAB 4.0: Mudança de Verdade”, Giselle Marques. (Foto: Gerson Walber/OAB)

Para votar, é necessário apresentar o cartão ou a carteira de identidade de advogado(a) ou um dos seguintes documentos: Cédula de Identidade, CNH (Carteira Nacional de Habilitação), CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social) ou passaporte.

Na ordem de votação, serão respeitados grupos prioritários como idosos, gestantes e pessoas com deficiência. Serão seguidas todas as normas de biossegurança para evitar o contágio da covid-19. Álcool em gel será disponibilizado em cada seção e todos devem fazer uso da máscara de proteção.

O voto é pessoal e obrigatório para todos os profissionais regularmente inscritos na OAB/MS, sob pena de multa equivalente a 20% do valor da anuidade, salvo ausência justificada por escrito, a ser apreciada pela Diretoria do Conselho Seccional. O prazo para apresentação da justificativa é de 60 dias, ou seja, termina no dia 17 de janeiro de 2022.

Nos siga no Google Notícias