A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Janeiro de 2018

13/09/2013 13:34

Elizeu defende merendeiras e diz que verdadeiros culpados devem ser punidos

Jéssica Benitez
Vereador se pronuncia pelo Facebook (Foto: Celber Gellio)Vereador se pronuncia pelo Facebook (Foto: Celber Gellio)

O relator da CPI do Calote, vereador Elizeu Dionizío (PSL), disse estar estarrecido com a atitude do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), de jogar a culpa pela carne estragada nas merendeiras dos Ceinfs (Centro de Educação Infantil). Pela rede social Facebook, o parlamentar lembrou que a distribuidora de alimentos Salute, contratada de forma emergencial pela prefeitura por R$ 4,4 milhões, não tinha alvará da Vigilância Sanitária.

“Se voltarmos no caso do contrato emergencial com a empresa Salute, podemos verificar que a referida empresa não possuía alvará sanitário e mesmo assim o prefeito insistiu no fechamento de um contrato emergencial com a empresa que havia tido seus produtos de origem animal, reprovados”, escreveu em sua página.

“Se, antes do contrato ser firmado a prefeitura não se preocupou em investigar a experiência da empresa, nem a capacidade técnica e operacional e, estranhamente a Central de Compras foi flexível dispensando a Salute de apresentar as licenças e alvarás da Vigilância Sanitária”, continuou.

O vereador, que acompanhou de perto todo o desenrolar da contratação da Salute, disse esperar que os verdadeiros culpados pela carne estragada sejam punidos. “E agora as culpadas são as merendeiras? Fica aqui minha indignação, meu protesto. Que os verdadeiros responsáveis sejam punidos e que nossas crianças e funcionárias públicas tenham seus direitos garantidos”, finalizou a mensagem.

Caso – No início deste mês uma professora que trabalha em Ceinf denunciou ao Campo Grande News que diversas creches receberam carne moída com “sebo e com cheiro podre”. Ela pediu para não ser identificada com medo de represálias.

A Prefeitura de Campo Grande, por sua vez, instaurou sindicância para apurar o fato. A comissão foi oficializada por meio de decreto publicado no Diário Oficial do Município do último dia 05.

Durante entrevista coletiva realizada na segunda-feira, o disse merendeiras de Ceinfs podem ser responsabilizadas por carne estragada nas unidades educacionais. “Merendeira também tem que fiscalizar e não deve colocar carne estragada na panela”, disse o progressista.

Bernal pode responsabilizar merendeira por colocar carne com sebo em panela
Durante entrevista coletiva realizada nesta segunda-feira (9), o prefeito Alcides Bernal (PP) disse merendeiras de Ceinfs (Centros de Educação Infant...
Chefe da merenda diz que pedido de demissão não tem ligação com carne estragada
O chefe do setor responsável pelas merendas servidas nos Ceinfs (Centros de Educação Infantil), que pediu demissão no fim do mês passado, afirma que ...


Olha aonde chegamos, agora é tudo culpa das merendeiras! Já ganham mal e ainda tem que aguentar esse tipo de acusação. Mas esse é o preço que muitas pagarão por não pensarem direito na hora de votar!
 
Daniel Nunes em 14/09/2013 21:05:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions