A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

03/08/2011 08:17

Equipe econômica vai ao Congresso detalhar nova política industrial

Agência Câmara

A presença da equipe no Plenário reforça as declarações dos líderes governistas de que as medidas econômicas serão o foco deste segundo semestre.

A Câmara dos Deputados vai converter parte da sessão plenária da próxima terça-feira (9) em comissão geral para que os ministros da equipe econômica expliquem as medidas para conter os impactos, no Brasil, da crise dos Estados Unidos e da Europa. Também devem falar sobre a nova política industrial anunciada nesta terça-feira pela presidente Dilma Rousseff.

“A partir desse debate, poderão ser definidas algumas ações do Parlamento para ajudar o Brasil a enfrentar a crise internacional”, avaliou o presidente da Câmara, Marco Maia. Ele lembrou ainda que a implementação da política industrial passa pelo Congresso. “O Legislativo se compromete em debater o tema com a seriedade e a celeridade necessárias para viabilizar um maior desenvolvimento do setor”, disse.

A presença da equipe no Plenário reforça as declarações dos líderes governistas de que as medidas econômicas serão o foco deste segundo semestre. São esperados o ministro da Fazenda, Guido Mantega; da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante; e do Desenvolvimento, Fernando Pimentel; além de outros convidados indicados pelos partidos.

O líder do PSDB, deputado Duarte Nogueira (SP), avalia que o evento vai permitir que a oposição também dê suas soluções para conter a inflação. “No bojo dessa discussão internacional, queremos dar nossa opinião sobre política macroeconômica, política de juros e inflação”, disse.

Crise internacional - Os ministros devem explicar como o governo se prepara contra os reflexos das crises dos Estados Unidos e da Europa. A queda do dólar e as medidas de controle da inflação também poderão ser abordadas.

Os Estados Unidos conseguiram, depois de semanas de indefinição, um acordo para aprovação de lei que eleva o teto da dívida pública, encerrando um impasse que poderia levar a um calote inédito do governo norte-americano. O presidente Barack Obama sancionou a lei ontem, logo após a aprovação pelo Senado – o texto havia sido aprovado pela Câmara na segunda-feira (1º).

Além dos Estados Unidos, países europeus também enfrentam problemas para honrar os seus compromissos. É o caso de Portugal, Irlanda, Grécia e Espanha, que tiveram de aprovar pacotes austeros para tentar manter o equilíbrio de suas economias.

Política industrial -

Outro ponto a ser discutido na comissão geral é a nova política industrial, que reduz impostos para setores sensíveis à queda do dólar e libera recursos para a ampliação do financiamento à inovação.

Entre as principais medidas anunciadas nesta terça-feira está a desoneração da folha de pagamentos de setores sensíveis ao câmbio, com alta competitividade externa e intensivos em mão de obra.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions