A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

21/02/2011 09:38

Ex-governador Marcelo Miranda diz que pensão é um direito que ele não abre mão

Ítalo Milhomem
Marcelo Miranda/Arquivo Foto: Marcelo Victor Marcelo Miranda/Arquivo Foto: Marcelo Victor

Diante a polêmica sobre as pensões vitalícias pagas para ex-governadores do Estado, o diretor presidente do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), Marcelo Miranda, de 72 anos, disse que não abrirá a mão de sua pensão de R$ 24 mil, que obteve por ter governado por duas vezes o Estado (Jun/79 a Out/80 - Mar/87 a Mar/91)

Marcelo afirma que a pensão é um direito e que não foi ele que instituiu o benefício e sim os deputados constituintes.

“Eu não vou renunciar minha aposentadoria, porque essa lei não foi proposta por mim, estava na constituição, nós estamos recebendo aposentadorias do Estado. É preciso que esse direito seja esclarecido”, reclamou o ex-governador.

Em conversa com a reportagem do Campo Grande News, o ex-governador afirmou que somente com uma decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) ele deixará de receber os pagamentos.

“Se o Tribunal (STF) decidir que é inconstitucional tudo bem, o governo do Estado vai suspender os pagamentos da pensão, mas eu acho que é constitucional, estava lá constituição e não tem ninguém recebendo de maneira irregular. Se eu achar no direito, entro na Justiça. Não sou eu que vou abrir a mão dela”.

Sobre a posição dos ex-governadores, Wilson Barbosa Martins, que abriu a mão da pensão e de Pedro Pedrossian, ele não quis polemizar e disse que os dois estão no direitos deles.

“É uma decisão deles. Eles têm o direito também, estavam no período que o benefício foi concedido”, opina Miranda.

Apesar de ter governado o Estado por duas vezes, ele recebe apenas uma pensão como ex-governador.

A polêmica sobre as pensões vitalícias de ex-governadores voltou à discussão após a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), questionar a pensão de ex-governadores do Sergipe e do Paraná, ameaçando também outros Estados que concederam benefícios aos ex-chefes de Estado.

MS

Em Mato Grosso do Sul com exceção do deputado estadual, Londres Machado (PR), que foi governador em caráter temporário e do ex-governador Zeca do PT, todos os ex-governadores de Mato Grosso do Sul, que estão vivos recebem a aposentadoria vitalícia.

Além de Marcelo Miranda recebem as pensões, o ex-governador Wilson Barbosa Martins (PMDB), que decidiu abrir mão da pensão vitalícia na semana passada. Pedro Pedrossian, que recebe uma pensão pelo governo do Mato Grosso e outra pelo Mato Grosso do Sul, pois governou os dois Estados.

A viúva do senador Ramez Tebet, que governou o Estado por um ano também recebe o benefício. Outra viúva que também foi contemplada pelo benefício por algum tempo foi a esposa do primeiro governador de Mato Grosso do Sul, Harry Amorim Costa, Amélia França Santana Costa. O benefício foi extinto em outubro de 2004, com sua a morte.



Uma vez que o politico e" empregado do povo", pago com o dinheiro do povo, nos deveriamos votar o aumento salarial dos mesmos, pois quem define o meu aumento salarial e o meu patrão, quanto a aposentadoria de politicos é uma vergonha não pagam nada e recebem muito, estou com 26 de contribuição ao INSS, em local insalubre e os peritos do INSS negam a aposentadoria, criam normativas cada vez mais para ferrar o trabalhador, são 26 anos e não 8 anos, sendo que estudei muito, não entendo porque estes imcompetentes, preguiçosos destes politicos tem que ter estes previlégio. Por mim poderiamos reduzir em muito o nº de politicos que não faria diferença.
 
Vera Lúcia Rosa em 23/02/2011 02:37:44
Olha, assim como os demais, concordo com o absudo que esses senhores recebem, se fosse uns R$ 5.000,00 era muito mas ja estava bom de mais, nós eleitores conseguimos viver com muiiiito menos que isso, eles não são diferentes de nós! O país em que vivemos enche a boca pra dizer que vivemos em uma plena democracia! Que raio de democracia é essa, vivemos em uma total desigualdade, onde quem é rico tende a crescer ainda mais e o restante, só se por milagre acertar na mega-sena, por que se depender desses senguessugas, vão nos tirar até o ultimo centavo em impostos, para melhorarem seus salários. Que Deus nos ajude e tenha misericódia desse afanadores......
 
Elias Cardoso de Oliveira em 21/02/2011 12:51:59
Sou professora estadual e estou de acordo com a colega Marcia Cristina, sofremos muito na gestão Marcelo Miranda, ele tirou o nosso piso salarial que era de três salários mímino de base e colocou um abono , isso deveria ser para sobrar mais para essa aposentadoria VERGONHOSA QUE TODOS OS BRASILEIROS PAGAM.....
Parabéns para a OAB de MS, continue lutando para derrubar esse """"direito ""'' .
 
Joelma de Souza Brites em 21/02/2011 12:51:05
Eu concordo com o Marcelo Miranda, se a lei existia antes (os deputados que aprovaram) o porque dele renunciar a este direito, se eu fosse ele faria o mesmo.
 
djair meneses em 21/02/2011 12:31:27
eh tanta cara de pau dessa galera ,,,, que por mais que o povo consiga vetar certas regalias muitas outras virao... como disse um senhor deputado depois de 100% de aumento em seu proprio salario.. para uma casa de 90,000 ... "eh pouco" e meus 800,00 que vai todo no aluguel e facul .. posso dizer eh pouco??? axo que naum.. batalho muito pra nao passar necessidades basicas!!! gracas a Deus com honestidade e CARATER!!!
 
Willian Nogueira em 21/02/2011 12:24:59
Bom primeiramente eu acho que deputados e governadores, prefeitos e todas essa cambada nao deveriam ganhar nada era trabalhar de graça, mas tudo bem sem receber seria pior do que ja é.
esses caras trabalham 8anos na vida ficam com uma pesão vitalicia pro resto da vida e se tiver algum beneficiario fica recebendo.
o cara diz que é direito dele, porque direito?
não sei.
você sabe me dizer?
talvez vai se por que nós escolhemos mal nossos representantes.
se mudarmos alguns pensamentos podemos mudar essa historia.
 
Diego Moreno em 21/02/2011 12:14:19
A desmoralização política é tão evidente que chega a ser absurda. O brasileiro tem que contribuir 30 anos para se aposentar com o salario que esta sujeito ao fator previdenciário, isso sem falar que milhões de brasileiros se aposentam apenas com o salario minimo....SALARIO QUE É MINIMO e que os proprios deputados ilustres representantes do povo fazem questão de manter minimo, para economizar aos cofres que eles mesmos saqueiam. quando se equipara o salario do trabalhador se equipara ao minimo possível, quando se equipara salario de deputado sobe logo ao maximo......saibam todos ...nossos deputados também aumentaram seus salarios e as verbas de seus gabinetes...igualzinho os deputados federais fizeram....acho que deviamos mudar a maneira de remunerar esses empregados públicos que só sujam a imagem brasileira...tenho pavor quando vejo alguem falado que no Brasil o ano só começa depois do carnaval...pois trabalho desde o dia 1 de janeiro.....depois do carnaval.... só se for para os políticos que aproveitam-se da boa-fé do povo, vestem-se de cordeiros e no fundo......vejam voces mesmos... como foi que nossos deputados federais votaram o aumento de R$5,00 do salário que continua o minimo......ABSURDO.....ex-governador que trabalha 4 anos ou que seja 8 anos se aposentar com pensão vitalícia de R$ 24.000,00....ABSURDO....sem falar que todos dobram...triplicam...multiplicam seus patrimônio nos anos em que estão no exercício dos mandatos... e que me perdoe se houver algum político que tenha se preocupado somente com o povo, espero que haja mais de um e que sejam exemplos....denunciem...cobrem e votem conscientes de que são representantes do povo e não dos governantes e nem dos partidos.
 
vivian borges em 21/02/2011 11:52:00
Não há o que discutir quando a legalidade ou não da pensão, mas no Brasil houve tantas mudanças que também eram direitos dos trabalhadores quando realizaram concursos , conquistaram certos direitos exemplo : licença prêmio , tempo de serviço para se aposentar e o famigerado fator previdenciário , entre tantas que só prejudicaram trabalhadores as vésperas da aposentaria e hoje tem que pagar pedágio ,para receber um minguado salário a decisão foi unilateral do Estado , só que trabalhador quando prestou concurso e foi aprovado ,tomou posse do cargo durante décadas cumpriu com sua obrigação estatutária se houvesse justiça neste Brasil ,certamente a mudança na legislação seria para os novos concursados , mas enfim com tantas leis e etc...interpretaçõe$, nós trabalhadores perdemos ,sou a favor da manutenção da pensão dos ex-governadores e também da revisão da legislação dos direitos dos trabalhadores que por força de lei adquiriram direitos através de um contrato bilateral ,que não foi respeitado e olha que é salário merreca , o servidor pode estudar ter títulos especialização ,mestrado ou doutorado ,não existe uma mudança quantitativa baseado no esforço e investimento , não vejo nada de imoral o ilegal na pensão dos ex-governadores , a maior ilegalidade e imoral é golpe baixo,sujo,nojento asqueroso que fizeram com os trabalhadores , tudo isso em nome da nova ordem mundial :Neoliberalismo desumano e cruel , dias piores virão para os trabalhadores .
 
paulo roberto marques pereira em 21/02/2011 11:02:04
Se os nobres deputados criarem uma lei tributando a pensão deles em uma proporção de 1/2 ou seja uma trubutação de 50%, mais retroativo resolve o problema e restitui o fundo dos servidores.
 
Jorge Antônio Dias em 21/02/2011 10:58:38
estou de acordo com o ex governador de não abrir mão de seu direito, o que discordo é porque então ele tem que continuar como funcionário remunerado de um departamento como o DNIT, por pura camaradagem politica é isso que tem que acabar no brasil, não é tirar o direito de quem tem direito, é acertar o que esta torto.
 
João Antonio Marchini em 21/02/2011 10:57:37
Esses "sanguessugas" do estado deveriam é ter vergonha na cara e devolver tudo o que receberam.Contribuíram o que com a previdência??Vergonha!!!
 
maria josefa dos santos em 21/02/2011 10:19:11
Embora altamente polêmica a questão, o Ex Governador Marcelo Mirando explicou sua posição claramente.
Nada de ficar atacando fulando ou beltramo.
 
Orlando Lero em 21/02/2011 10:13:11
O Sr Marcelo Miranda(ex governador) teria que ter um pouco de degnidade e abrir mão dessa aposentadoria sim, há!!!, mas que dignidade é essa, ele deve estar pensando, pois um governador que acabou com o estado e com o salário dos professores estadual vai saber o que é isso? Lembram que ele foi colocado para fora do governo por improbalidade administrativa e teve seus direitos políticos caçado por 8 anos? E nós professores e funcionários em geral ficamos 6 meses sem receber e mão tínhamos nem crédito na praça? è bom relembrar um pouco da histório desse cidadão que vive mamando o nosso dinheiro e ainda tem cargo de alto escalão dentro do governo. Tenha um pouco de sensatez ...., não precisa o sr abrir mão, nós vamos para a luta pela moralização e suspender essas aposentadoria vergonhosa, pois temos que trabalhar muito para ter o nosso direito a aposentadoria e com um teto bem mais baixo que isso. Isso é um VEEEEERGONHA!!!!!
 
MARCIA CRISTINA ARAUJO em 21/02/2011 10:08:55
Vergonha total pessoal! Sabe de uma coisa?! Acredito que exista uma boa maneira de protestarmos contra esses políticos podres de nosso país. Quando chegar á época das eleições deveríamos todos votar nulo seria um bom protesto, não tem jeito, nenhum presta mesmo.
 
Luciano Rufino Nogueira em 21/02/2011 08:26:22
Nem tudo que é JURÍDICO é JUSTO. E o dinheiro gasto com essas pensões É PÚBLICO. Me incomoda ver que os impostos que eu pago são gastos em pensões INJUSTAS. Todas essas "REGALIAS LEGAIS" devem acabar porque senão, daqui há alguns anos, não haverá verba suficiente para as questões básicas do Estado: saúde, segurança e lazer.
 
daniel moura mayolino em 21/02/2011 06:15:37
Sim, nós podemos mudar isso! Discutir o que já está feito não vai modificar direitos adquiridos legalmente, mesmo que isso seja imoral. O que poderemos e deveremos fazer estará em frente aos nossos olhos quando com nossas mãos escolhermos através do voto eletrônico, no dia das eleições vindouras, se queremos ou não uma sociedade digna, onde todos possam ser atendidos com a cortesia e o respeito que todo cidadão merece, onde e quando for necessário atendimento, seja em postos de saúde, em delegacias, em escolas ou qualquer órgão que represente prestação de serviço do Estado ou do Município.
Afinal, pagamos impostos e tributos, é dever do povo exigir a contraprestação, é obrigação do Poder Público atender, não pode haver discricionaridade.
Está na hora do cidadão enxergar mais do que obras que enchem os olhos na mídia, chegou o momento de sermos tratados como gente, como seres humanos. Não aceitem mais bolos de aniversário, carros de som, cadeiras de rodas usadas, sacolões...

Ou isso ou assistir aos nossos entes queridos sofrerem em PS, morrerem em macas, pessoas de bem e trabalhadoras diariamente atacadas por meliantes, mequetrefes, e assistirmos imbecilizados aos mandos e desmandos de gente que deveriam representar e lutar pelo bem comum da comunidade. Acordem! bem como comentou um leitor, se mudarmos alguns pensamentos, poderemos mudar esta historia.
 
Fernando Andrighetti em 21/02/2011 05:47:08
Esses picaretas trabalham por 4 ou 8 anos e tem uma aposentadoria dessas, fora as mordomias que rola durante os mandatos, pobre do meu pai que ja tem 57 anos e ainda soma apenas 30 anos de trabalho, meu sogro que perdeu a primeira carteira de trabalho e junto perdeu 5 anos de previdencia, agora ta com quase 60 anos e nao consegue aposentar pois o INSS nao tem nada que mostra os outros registros. Por isso o brasil continua nessa mer... por que o povo continua votando nesses caras, sempre com a mesma frase "tenho esperança que vai mudar" to com 29 anos e nao vi nada mudar.
 
Andre Luiz em 21/02/2011 05:18:47
Esses politicos são uma afronta para todos nos, so eles tem esse direito ? o Marcelo Miranda então meu Deus do Ceu isso teria que era que devolver todos os salarios recebido o sujeito cara de Pau.....

 
João Carlos de Souza em 21/02/2011 05:02:03
VCS ACHAM QUE ELE VAI QUERER PERDER UMA MAMATA DESSAS, UM APOSENTADO TRABALHA POR ANOS PARA GANHAR MISERIA, ESSE SAFADO FICA AÍ CHORANDO!!!! VAI CUIDAR DAS SUAS FAZENDAS MARCELO!!!
 
rodrigo duarte em 21/02/2011 04:41:58
Concordo e espero que Instituições como a OAB continue lutando pela moralização das
leis que alguns deputados fazem para beneficiar alguns em detrimento de muitos.
Quanto ao Sr. Marcelo Miranda alguém pode me dizer porque entra governo e sai governo e ele continua sempre em cargos comissionados de alto escalão?
 
Ednea braga de assis Cardoso em 21/02/2011 04:41:19
Que cara de pau desse sujeito, não quer largar o osso não... um salário mínimo pra ele tá bem pago, igual todo mundo...
 
Luciano Bandeira em 21/02/2011 04:14:15
queria que vcs colocassem aí o meu comentario sobre o salario da minha querida mãe, esse Marcelo Miranda aí foi o pior governador que já tivemos em MS, ele deveria é devolver o que ¨pegou¨dos cofres e inevestiu comorando fazendas no Texas e sumir do mapa, pegae um vôoo pra o q.d.i.............nossa vergonhaaaaaaaaaaaaa, e inda quer dar uma de coitadinho,vou comprar verniz pra mandar pra ele passar nessa cara de pau dele
 
aparecida benites em 21/02/2011 03:58:15
É uma questão de decencia. Ter previsão legal ou constituicional não significa ser moral, muitas vezes. A questão de pagar gordas aposentadorias a ex-governadores, presidentes, senadores é um absurdo. País pobre que nem esse. Uma longa discussão sobre os recursos da Previdencia e outras demandas. Ficar pagando aposentadoria aos ex-nobres é uma afronta. Aceitar recebê-las é gulodice que chega a ser pecado.
 
Luiza Ribeiro Gonçalves em 21/02/2011 03:42:06
sem contribuir e fácil, vai eles ter que pagar a vida inteira e no final receber apenas um salário minimo de fome, que tem aumento de R$ 5,00( cinco reais) ao ano e ainda não pode reclamar, bando se sanguessuga, pega vaga de quem precisa trabalhar e ainda tem duas aposentadorias- eta Brasil das igualdades!!!!
 
PEDRO RONALDO em 21/02/2011 03:36:32
O governador Marcelo Miranda nunca deve seus direitos policos cassados por 8 anos!. Por ser um homem de boa indole foi vitima de um movimento mal intencionado e cruel que terminol na invassão da governadoria! Se fosse um homem cruel e mal teria retirado todos os bardeneiros com a policia do seu recinto de trabalho!. Ele passou por todas as humilhações e traições nesse Estado!. O Estado de Mato Grosso do Sul lhe deve uma reparação que um dia a história irá lhe fazer!. Portanto deve e faz muito bem continuar a receber sua aposentadoria!. E aos moralista de plantão devirião olhar ao seu redor!. Em terra de sapos de cócoras com eles!!!
 
Alex Pereira de Andrade em 21/02/2011 03:00:48
Se os ex-presidentes da Repúblca recebem a tal pensão, então porque os ex-governadores não podem receber?! Isso tudo foi cria do falso moralista, ex-presidente da OAB/MS e agora deputado federal Fábio Trad.
 
Osmar Felinto de Mello em 21/02/2011 02:39:20
Eu sempre disse que político não deveria ter salário, pois é eleito pelo povo para Governar, então pq ter direito a Aposentadoria? queria ver se não tivesse salário aos Políticos será que existiria algum? enquanto isso o Trabalhador tem que brigar na Justiça para receber qq tipo de benefício.
 
maria cecilia em 21/02/2011 01:53:04
Alguém já viu Cachorro largar osso? Essa geração de políticos/coronéis que vem de uma cultura totalmente ultrapassada não abriria mão de uma vantagem como essa. Por mais bizarra que seja. Uma "boca" livre com um valor totalmente surreal de acordo com a realidade do povo...

Eu considero esse gesto, destes dinossauros políticos aposentados, O último grito de corrupção
 
Fabiano Pontes em 21/02/2011 01:50:45
É, infelizmente são pouquíssimos os brasileiros, ou ex-políticos, como o ex-governador Wilson, que são honestos, em se falando de dinheiro. Trabalhei durante 30 anos ininterruptos para ter uma aposentadoria que dá vergonha, em se tratando do tempo trabalhado. Quanto tempo eles trabalharam para ter uma aposentadoria tão "avantajada"??
 
Maria Lúcia Moreira em 21/02/2011 01:43:04
A lei "ficha limpa" deveria ser extensiva aos ocupantes de cargos comissionados do alto escalão tbm! Caso contrário, o meliante não se eleje e fica mamando num cargo desses! CIRCO BRASIL! Aqui o palhaço é vc! (nós)
 
Rogerio Fernandes em 21/02/2011 01:20:26
Desse aí não se espera nada diferente. Ele deveria na realidade passar o resto da vida ressarcindo os cofres do Estado, que foram dilapidados por ele. Mas como é no Brasil, além da vergonhosa pensão, ainda recebe um salario astrônomico para "cuidar" das estradas federais daqui. UMA VERGONHA.
 
Carlos Castro em 21/02/2011 01:07:58
VOU VOLTAR, PRO BURACO.
 
Luciano Rosa em 21/02/2011 01:04:32
Guerra das aposentadorias: Pedrossian x Wilson Martins
Mesmo de pijamas eles continuam guerreando, roubando a cena do noticiário dos políticos na ativa. A renúncia da aposentadoria de Wilson tem a postura...
Ex-governador Wilson Martins abre mão de pensão polêmica
Benefício de 24 mil reais será canceladoO ex-governador Wilson Barbosa Martins (PMDB), que governou o Estado por dois mandatos, decidiu abrir mão da ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions