A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

28/01/2008 17:53

Fim da CPMF preocupa, afirma Puccinelli em Chapadão

Redação

O governo do Estado aguarda que a União encontre alternativas para cobrir o rombo causado pelo fim da CPMF e assim permitir a plena operacionalização dos hospitais em fase de entrega em Mato Grosso do Sul. A explicação foi dada pelo governador André Puccinelli (PMDB) em Chapadão do Sul, onde foi autorizada a continuidade das obras do hospital municipal.

Em entrevista à imprensa local, o governador disse que "o fim da CPMF preocupa. O governo federal precisa remanejar verbas de outros locais para suprir a saúde de recursos". Segundo ele, será necessário requerer aumento de teto para Chapadão do Sul e Coxim, onde os hospitais estão em fase de conclusão, e para Fátima do Sul, onde a unidade hospitalar entrou em funcionamento "mas não teve aumento do teto". Puccinelli disse que o Estado também entra com recursos nos hospitais, porém, destacou que os valores "não são suficientes".

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions