A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

15/09/2014 15:59

Gilmar Mendes concede registro da candidatura de Bernal ao Senado

Edivaldo Bitencourt
Bernal obteve em Brasília direito ao registro de candidato (Foto: Marcelo Victor/arquivo)Bernal obteve em Brasília direito ao registro de candidato (Foto: Marcelo Victor/arquivo)

O ministro Gilmar Mendes, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), acatou recurso e concedeu o registro da candidatura ao Senado do ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP). Ele teve o pedido indeferido pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral) em decorrência de ter o mandato de prefeito cassado em 12 de março deste ano.

Segundo o advogado de defesa, Wilton Edgar Sá e Silva Acosta, o magistrado acatou o argumento de que o decreto lei, que lhe cassou o mandato, não está previsto na Lei da Ficha Limpa.

Com a decisão, Bernal é legalmente candidato a senador. O pedido só vai a plenário se houver recurso do MPF (Ministério Público Federal), do PHS ou do candidato a deputado estadual Joel Silva, que questionaram a legalidade da candidatura.

Com a decisão desta segunda-feira, dificilmente o plenário do TSE irá analisar o pedido de Bernal antes das eleições, em 5 de outubro deste ano.

Acosta garante que ele passa a ter legitimidade para disputar uma vaga com a vice-governadora Simone Tebet (PMDB), o médico Ricardo Ayache (PT), o dono do Correio do Estado, Antônio João Hugo Rodrigues, Lucien Rezende (PSOL) e Valdemir do PSTU.

O MPE pediu o indeferimento do registro de Bernal porque ele foi cassado pelos vereadores por improbidade administrativa e assumiu a prefeitura da Capital por oito horas no dia 15 de maio deste ano. Pela legislação eleitoral, os ocupantes de cargos eletivos devem renunciar com seis meses de antecedência.

Mesmo indeferido nome de Bernal consta em urnas do TRE-MS
O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) fechou, nesta quarta-feira (10), o Sistema Cand, responsável por gerar os nomes e fotos ...
Gilmar Mendes será relator de recurso de Alcides Bernal no TSE
O ministro Gilmar Mendes será relator no recurso ordinário do candidato ao Senado, Alcides Bernal (PP), contra impugnação de sua candidatura no TSE (...


Vanessa Maia, você já teve a oportunidade de vê-lo trabalho, não viu o IPTU, 80% de aumento sendo que ele mesmo em capanha prometeu congelar o IPTU. Seu voto já foi respeitado. Agora respeite seu voto também. Todos nós agradecemos
 
Cyro Escobar Ribeiro Neto em 16/09/2014 08:48:52
Não sou vinculada a nenhum partido, mas gostaria de ter a oportunidade de ver o trabalho deste homem, será que o voto não conta? No governo de MS quem entra têm que dividir o bolo com os demais daí surge um que se nega e fazer isso, e é perseguido, o bom é que ele não desistiu, mas gostaria muito de saber suas idéias para com a sociedade e ver seu trabalho. Respeitem o voto!
 
Vanessa Maia em 16/09/2014 08:33:39
COM TODA CERTEZA, IRÁ A PLENÁRIO SE ELE FOR ELEITO!O pedido irá a plenário quando houver recurso do MPF (Ministério Público Federal), do PHS ou do candidato a deputado estadual Joel Silva, que questionaram a legalidade da candidatura. E assim, quem votou nisso, PERDERÁ O VOTO!!
 
antenor assis de figueiredo em 16/09/2014 07:34:27
Quer dizer, o ficha limpa existe.................só que não!
 
maximiliano rodrigo antonio nahas em 15/09/2014 17:57:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions