A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

06/02/2014 19:05

Giroto cogita não disputar eleição e defende André para o Senado

Lidiane Kober
Giroto aceita dar uma pausa na carreira política para André chegar ao Senado (Foto: Marcos Ermínio)Giroto aceita dar uma pausa na carreira política para André chegar ao Senado (Foto: Marcos Ermínio)

Titular da Seop (Secretaria de Estado de Obras Públicas e de Transportes), o deputado federal licenciado Edson Giroto (PR) deixou claro, nesta quinta-feira (6), em entrevista exclusiva ao Campo Grande News, que sua prioridade é eleger o governador André Puccinelli (PMDB) como senador. Para isso acontecer, ele até abre mão de sua carreira política para concluir o mandato na pasta e tocar o projeto MS Forte 2 até o final.

“Tenho compromisso com o governo do André, a única coisa que eu quero é que o André seja senador, prá ele ser senador eu não saio do governo”, declarou Giroto. Ele já foi cotado para concorrer à vice na chapa do senador Delcídio do Amaral (PT), a deputado federal e a estadual. Na última hipótese, até foi ventilado seu nome como futuro presidente da Assembleia Legislativa.

“Fico muito agradecido com as pessoas, mas, na verdade, o que o André quiser, vou concorrer. Sou André”, reforçou o secretário para reafirmar sua parceria com o governador. Sobre uma aliança com os tradicionais rivais em Mato Grosso do Sul, ele repetiu não ter “problema nenhum com o Delcídio”. “Mas não posso confundir amigo pessoal com a política”, frisou.

Por enquanto, o PMDB promete partir para o enfrentamento com o petista, com a pré-candidatura do ex-prefeito Nelsinho Trad (PMDB). A vice-governadora Simone Tebet (PMDB) foi lançada como pré-candidata ao Senado, com a benção de André.

Mas, no retorno das férias, o governador mudou um pouco o discurso e novamente sinalizou com a possibilidade de não pendurar as chuteiras para cuidar dos netos, como vinha repetindo. Ele prometeu, sem das pistas, “surpresas” a partir de abril, quando os detentores de cargo no Executivo precisam se afastar para concorrer nas eleições de outubro.



Para realizar determinadas tarefas devemos abrir mão de outras , a bíblia diz que tudo me é licito mas nem todas as coisas me convêm , quem sabe -se com a sua competência você puder ser aproveitado na próxima administração estadual.
 
claudeci candido barbosa em 07/02/2014 07:16:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions