A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

18/06/2009 17:40

Governador diz que faz permuta na cedência de servidores

Redação

O governador André Puccinelli (PMDB) confirmou que manteve a cedência de servidores para outros poderes e prefeituras do Estado, mas por meio de permuta ou ressarcimento dos gastos com salários. Ele comentou o processo envolvendo nove servidores cedidos ao TCE (Tribunal de Contas do Estado), que custam R$ 92,7 mil por mês ao Poder Executivo.

No caso do TCE, o Executivo paga os vencimentos, mas conta com o mesmo número de servidores cedidos da corte fiscal, garante Puccinelli, sem detalhar onde estão esses funcionários.

Em alguns casos, como acontece com as prefeituras, o valor gasto com salários é abatido no repasse do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), explica.

Após desembarcar da viagem de quatro dias a Portugal, o governador afirmou que só não tem permuta ou compensação com o Tribunal de Justiça, que tem amparo legal para solicitar servidores com ônus para o Poder Executivo.

Nesta semana, 3 casos de servidores, em especial, viraram notícia: do tenente-coronel bombeiro Leonardo Varanda Coimbra, cedido para a Assembléia com salário de R$ 13 mil; do coronel Carlos José Roledo, que foi convocado da reserva para depois ser cedido para assessorar a Sejusp; e do delegado Osmar Pedrosa de Frias, cedido há 14 anos ao TCE com vencimento de de R$ 20 mil por mês, incluindo a verba de representação de R$ 960.

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions