ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 24º

Política

Governador e bancada federal debatem destino de R$ 317 milhões em emendas

Recurso que atualmente está em tramitação no Congresso será incorporado ao orçamento de 2024 da União

Por Jhefferson Gamarra | 14/11/2023 14:46
Parlamentares de Mato Grosso do Sul reunidos com o governador na manhã desta terça-feira (14) (Foto: Divulgação)
Parlamentares de Mato Grosso do Sul reunidos com o governador na manhã desta terça-feira (14) (Foto: Divulgação)

O governador Eduardo Riedel (PSDB) conduziu uma reunião nesta terça-feira (14) com deputados federais e senadores para debater as emendas destinadas ao orçamento da União em 2024. Ao todo, R$ 317 milhões estão previstos para Mato Grosso do Sul.

Conforme acordado na reunião, as principais áreas contempladas com os recursos serão infraestrutura, saúde, segurança e educação. Além disso, as universidades públicas do estado receberão parte dos recursos. Além disso, consórcios intermunicipais serão beneficiados com maquinários.

“A reunião mostrou a maturidade da bancada, que independente das nossas diferenças, somos convergentes no sentido de defender os interesses de Mato Grosso do Sul. Pela primeira vez os consórcios intermunicipais estarão contemplados com uma patrulha e kit para cada uma, as universidades também vão receber emendas”, ressaltou o coordenador da bancada, o deputado Vander Loubet (PT).

O montante de R$ 317 milhões em emendas de bancada será incorporado ao orçamento de 2024 da União, que atualmente está em tramitação no Congresso Nacional. A expectativa é que as emendas sejam definidas até o dia 23 de novembro.

"O Governo discutiu cidade por cidade, e os recursos das emendas serão distribuídos de forma equitativa por regiões, atendendo as demandas da população”, reforçou o chefe da Casa Civil, Eduardo Rocha.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias