A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

23/07/2012 14:49

Governador inaugura oito pontes de concreto na região de Porto Murtinho

Francisco Júnior

Governador inaugura oito pontes de concreto na região de Porto Murtinho

Uma das pontes entregues pelo governador. (Foto: Edemir Rodrigues)Uma das pontes entregues pelo governador. (Foto: Edemir Rodrigues)

O governador André Puccinelli (PMDB) inaugurou nesta segunda-feira (23) três das oito pontes de concreto construídas na região do Pantanal Alto, da MS-458 e MS-382, travessia sobre o Córrego Seco, a sobre o Rio Branco e a sobre a Vazante do Rio Branco, em Porto Murtinho.

As edificações consumiram investimento de R$ 6,4 milhões, conquistados junto ao Ministério da Integração Nacional, graças aos projetos técnicos apresentados e à articulação política do Estado, com apoio da bancada federal.

“Todos se lembram que de 2010 para 2011 aconteceu a chuvarada que destruiu 37 pontes de madeira, e as estradas, nem se fala. Dimensionamos os problemas havidos e chegamos a mais de cem milhões de reais em estragos”, citou o governador,

Ele lembrando de todo o processo em que o governo estadual investiu na recuperação das estradas e negociou com o governo federal os recursos para as pontes.

Para quem viveu as dificuldades de cruzar a estrada sobre as velhas pontes – ou sobre os leitos dos córregos quando as pontes foram destruídas – as novas construções são garantia de perenidade. “Agora é uma solução definitiva”, resume Emerson Belaus, 48 anos, criador de gado na região. “Em época de chuva, as pontes sempre tiveram problemas. Essa é uma região de boi gordo, onde tem muito investimento. Muitas vezes os reparos resolviam a situação para passar as caminhonetes, mas tem produtor que tem caminhão pra 40 cabeças de gado”, conta o pecuarista.

Valério Luiz da Costa Vanni também é criador de gado e lembra que as pontes de madeira apresentavam outro risco além dos estragos das cheias. “O solo aqui tem uma característica diferente, ele tem época de ficar muito seco, por causa da tosca (camada logo abaixo do pasto, que, conforme o produtor, torna-se impermeável e em certas épocas não garante umidade suficiente para a superfície). Com a vegetação seca, qualquer fagulha de escapamento de caminhão pode começar um fogo e queimar ponte”, relata Vanni.

O governador André Puccinelli elencou os investimentos nas pontes como uma das ações do modelo municipalista de governo que adotou desde o início da gestão.

Por conta dessa determinação, o governador deve atender dois pleitos apresentados pela Prefeitura de Porto Murtinho e por produtores rurais durante a inauguração das obras. Uma delas é para a recuperação de uma estrada vicinal que vai da Fazenda Firme ao Barranco Branco. Puccinelli autorizou a Secretaria de Obras a cuidar do projeto, uma demanda da administração municipal, de parlamentares e do setor produtivo. Até o fim de setembro a obra deve ser executada. Outra solicitação, a construção de uma escola rural de ensino fundamental, também deverá contar com parceria do Estado.

“Vamos repassar em convênio recursos ao município para a construção”, anunciou o governador do Estado. (Com informações da assessoria do Governo do Estado)



Enquanto isso a Ms-419 de Aquidauana a Rio Negro padece. La tem mais de 100 pontes de madeira totalmente acabadas,abandonadas e nem reformada elas sao.
Os moradores da regiao do Taboco-Ms pedem socorro, e so atraves de voces poderemos conseguir algo.
Depois que foi anunciado que seria asfaltada,essa rodovia simplesmente foi abandonada pelo poder publico.
Alias nem telefonia celular funciona por la
 
JOse Carlos Aleuia em 23/07/2012 08:52:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions