A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

27/02/2014 15:44

Governador quer atrasar em até 2 meses ida de Jerônymo para TCE

Edivaldo Bitencourt e Leonardo Rocha
Governador disse que secretário ainda tem missão a cumprir (Foto: Cleber Gellio)Governador disse que secretário ainda tem missão a cumprir (Foto: Cleber Gellio)

O governador André Puccinelli (PMDB) pode atrasar em até dois meses a posse do secretário estadual chefe da Casa Civil, Osmar Jerônymo, no Tribunal de Contas do Estado. Ele teve o nome aprovado ontem pela Assembleia Legislativa.

Nesta quinta-feira (27), o governador afirmou que Jerônymo é importante para o Governo e deve continuar no cargo por mais um ou dois meses.

O secretário foi indicado para ocupar a vaga do conselheiro José Ancelmo dos Santos, que se aposentou ao atingir a idade de 70 anos.

Conforme Puccinelli, o chefe da Casa Civil ainda acompanha duas obras consideradas importantes para o Estado. No entanto, ele não revelou quais seriam as obras.

O nome do substituto do Chefe da Casa Civil também não foi revelado. Toda a articulação política do Governo deve sofrer mudança, já que os outros integrantes também devem sair.

Simone Tebet, atual vice-governadora, deve deixar a Secretaria de Governo para disputar o Senado, enquanto o secretário estadual de Articulação com os Municípios, Nelson Trad Filho, deverá sair para disputar o Governo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions