A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

18/06/2015 12:28

Governo espera amanhã decisão do Contran sobre taxa de vistoria

Leonardo Rocha
Rinaldo Modesto ressaltou que após decisão do Contran, projeto que reduz valor irá entrar em pauta (Foto: Roberto Higa)Rinaldo Modesto ressaltou que após decisão do Contran, projeto que reduz valor irá entrar em pauta (Foto: Roberto Higa)

O governo estadual espera amanhã (19), em reunião do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), uma posição sobre a vistoria veicular que já é cobrada em Mato Grosso do Sul. Esta audiência a princípio estava marcada para o dia 15, mas foi adiada. O líder do governo, o deputado Rinaldo Modesto (PSDB), espera esta definição, para colocar em pauta o projeto que reduz em 20% o valor da cobrança.

“Fomos informados pela assessoria jurídica do Governo que amanhã está sendo esperado uma posição oficial do Contran sobre a cobrança, se tiver o avala, e até a regulamentação, vamos colocar para votar o projeto que reduz o valor e ainda fixa a realização do procedimento uma vez ao ano”, disse o deputado.

Rinaldo teve que pedir para “segurar” a matéria, na Casa de Leis, já que após a posição do Denatran (Departamento Nacional do Trânsito) que pedia para cancelar a cobrança, o governo tucano resolveu consultar o Contran, onde segundo o diretor-presidente do Detran-MS, Gerson Claro, recebeu o compromisso do órgão que esta vistoria seria regulamentada para todos os estados.

Caso esta decisão seja oficializada, o governo pretende reduzir em 20% o valor, que hoje varia de R$ 103,00 a R$ 120,00, além de propor a cobrança uma vez ao ano, sendo que parte deste recurso arrecadado será investido em campanha de trânsito. A vistoria veicular foi fixada em dezembro de 2014, por meio de uma portaria do Detran, para veículos com mais de cinco anos de fabricação.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions