A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

21/04/2014 13:32

LDO da Capital para 2015 prevê três grandes investimentos em obras

Josemil Arruda
Asfaltamento de ruas na Capital terá verba de R$ 100 milhões ano que vem (Foto: arquivo)Asfaltamento de ruas na Capital terá verba de R$ 100 milhões ano que vem (Foto: arquivo)

O secretário municipal de Planejamento, Finanças e Controle (Seplanfic), André Scaff, considera que o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2015, já em tramitação na Câmara, prevê três fortes investimentos em obras no ano que vem, que totalizam, juntas, R$ 600 milhões. A verba é de origem federal e os projetos estão consignada na LDO como prioridades a serem implementadas e consignadas no Orçamento para 2015.

Segundo Scaff, destacam-se os projetos do PAC Mobilidade Urbana, com cerca de R$ 300 milhões, pouco mais de R$ 100 milhões para a pavimentação de vias públicas e em torno de R$ 70 milhões para construção da quatro mil casas populares, através do “Minha Casa, Minha Vida”.

O “boom” habitacional, conforme o secretário, já começa este ano com a entrega de conjuntos habitacionais, financiados pela Caixa Econômica Federal (CEF), que estão prontos, faltando apenas detalhes para a entrega aos moradores. Inclui-se, entre eles, os conjuntos Nelson Trad e Celina Jallad.

Projetos que demandam aplicação de recursos federais estão sendo destravadas nos vários órgãos do governo federal. “Estamos retomando várias obras com recursos federais para este ano. É a retomada de desenvolvimento de Campo Grande”, apontou o chefe da Seplanfic.

Reajuste de 9,5% - O projeto de LDO para 2015 prevê pela primeira vez valor acima de R$ 3 bilhões para o Orçamento de Campo Grande, visto que estipula reajuste de 9,5%. A receita e despesa do Município passa de R$ 2.990.000.000,00 (dois bilhões e novecentos e noventa milhões), neste ano, para 3.274.354.000,00 (três bilhões e duzentos e setenta e quatro milhões e trezentos e cinquenta e quatro mil) no próximo exercício.

Ao contrário da LDO para 2014, que tinha caráter conservador, a atual é otimista, trazendo expectativa de crescimento de Campo Grande bem acima da inflação.

Além da previsão tradicional de prioridades para as áreas de educação, saúde, combate à miséria, habitação, transporte e trânsito, Scaff aponta também a dimensão da tecnologia em favor do cidadão. “Tem uma proposta que prevê que o cidadão pode entrar sistema de informática na Moreninha, por exemplo, para ter acesso a dados sobre IPTU e ISS, sem precisar ir à prefeitura para ver isso”, apontou.

 

 

Assembleia recebe prestação de contas e fará limpeza de pauta antes do recesso
A última semana de trabalho do Poder Legislativo de Mato Grosso do Sul em 2017 será aberta com a audiência pública para prestação de contas do govern...
Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...
Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions