A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

05/10/2015 13:44

Lewandowski rebate críticas e diz que reajuste dos servidores é excelente

Leonardo Rocha
Presidente do STF, o ministro Ricardo Lewandowski,  diz que não entende protesto dos servidores do Judiciário (Foto: Presidente do STF, o ministro Ricardo Lewandowski, diz que não entende protesto dos servidores do Judiciário (Foto:

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Ricardo Lewandowski, afirmou em entrevista coletiva, que não consegue compreender o protesto dos servidores do Judiciário Federal, em Mato Grosso do Sul, já que a proposta de reajuste para categoria, segundo ele é excelente, de acordo com as condições econômicas do país neste momento.

“A reivindicação dos servidores era de um reajuste de 56% a 78%, esta era a pretensão até razoável, mas no Brasil de outro momento, hoje com crise é inviável, nós tivemos uma negociação longa e dura com as autoridades e também com a presidente Dilma (Rousseff)”, disse ele.

O ministro ponderou que negociou um projeto com aumento excelente de 41,3%, que será pago em três anos, de forma semestral. “Nenhuma outra categoria conseguiu receber isto, sabemos que não se repõe as perdas salariais, mas foi o que conseguimos, por isso este inconformismo é inexplicável”, ponderou.

Um grupo de 30 pessoas fizeram uma manifestação na frente da sede do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), antes da chegada do ministro. Eles estavam com faixas, apitos e buzinas em protesto contra o projeto substitutivo de Lewandowski, sobre o reajuste da categoria.

De acordo com Patrícia De Marco, da diretoria do Sindjufe/MS (Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal e Ministério Público da União), eles não recebem reajuste há nove anos e tinha aprovado um projeto no Congresso Nacional de 56% de aumento, mas este foi vetado pela presidente Dilma Rousseff.

Eles gostariam que o presidente do STF lutasse no Congresso Nacional pela derrubada do veto e não negociasse com a União, para que fosse feito um novo projeto com reajuste de 41%.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions