A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

21/12/2013 08:55

Líder do prefeito nega manobra para “esvaziar” a sessão de julgamento

Josemil Arruda
Bernal já tem nove na base e pode ganhar mais dois vereadores na segunda (Foto: arquivo)Bernal já tem nove na base e pode ganhar mais dois vereadores na segunda (Foto: arquivo)

O líder do prefeito na Câmara de Campo Grande, vereador Marcos Alex (PT), garante que não está articulando a estratégia de “esvaziar” a sessão extraordinária que julgará Alcides Bernal (PP), podendo cassar-lhe o mandato. A sessão deve ser realizada no dia 30 de dezembro, segunda-feira, primeiro dia útil após a apresentação do relatório final da Comissão Processante.

A apresentação do relatório da Comissão Processante está prevista para a próxima sexta-feira (27). O presidente da comissão, vereador Edil Albuquerque (PMDB), informou que 70% do relatório já está concluído, faltando apenas acrescentar a defesa escrita do prefeito Alcides Bernal, cujo prazo de apresentação termina na próxima segunda-feira (23).

Como a época é de festas de final de ano, a obstrução da sessão extraordinária poderia ser executada pelos articuladores políticos da gestão de Bernal mais facilmente do que conseguir os votos suficientes para barrar a cassação. Para instalação e punição do prefeito com a perda do mandato há a necessidade do voto de dois terços dos vereadores, no caso de Campo Grande 20 dos 29 integrantes da Câmara.

A manobra já foi tentada uma vez e envolveu o vereador Jamal Salém (PR) no dia 8 de outubro, na primeira tentativa de se apreciar o pedido de criação da Comissão Processante. A alegação foi de viagem de Jamal. Para alguns vereadores, que ainda hoje mantém o discurso de oposição, mas na prática já está apoiando Bernal, é menos constrangedor faltar à sessão do que votar, abertamente, contra a cassação.

Marcos Alex garante, porém, que não está orquestrando a obstrução da sessão de julgamento do prefeito. “Não isso. O que nos preocupa é que na véspera do Natal, das festas de final de ano, já se tente marcar data para tentar cassar o prefeito. E num momento em que quatro vereadores sentiram na pele o que é a cassação, mas graças a Deus conseguiram voltar”, afirmou o petista.

Em sendo realizada a sessão e ocorrendo o quórum mínimo de dois terços dos vereadores para abertura do julgamento, já que este é o mínimo de votos para cassação, a bancada fiel a Bernal já contabiliza que terá mais de 10 vereadores, o suficiente para impedir a punição a ser proposta pela Comissão Processante.

Por ocasião da criação da Comissão Processante da Câmara, no dia 15 de outubro, Bernal só pode contar com oito dos 29 vereadores, Zeca do PT, Alex do PT, Airton Araujo (PT), Cazuza (PP), João Rocha (PSDB), Luisa Ribeiro (PPS), Carlão (PSB) e Gilmar da Cruz (PRB). Agora essa base começa a ser ampliada, já tendo aderido Jamal Salém (PR) e podendo integrá-la a partir de segunda-feira Paulo Pedra (PDT) e Edson Shimabukuru (PTB), com nomeações de novos titulares para as agências municipais de Habitação (Emha) e de Trânsito (Agetran). Confirmas essas adesões a base de apoio de Bernal terá 11 vereadores.

 

 



Pessoal, deixe o homem trabalhar.
 
Franklin flores em 22/12/2013 09:57:44
DEIXEM ELES FUGIR, é muito simples, é só buscar o controle de frequência de todas as MANOBRAS que os vereadores do prefeito fizerem para impedir a sessão, assim caso o prefeito venha a fazer algo ilegal o MP vai direto nestes vereadores por omissão, simples.
 
Antonio Harper em 22/12/2013 00:35:10
gostaria de ver Câmara dos vereadores trabalhando em prol da capital ja que sr prefeito nao conseguiu cumprir quase nada do que prometeu em campanha sr prefeito queremos ver ok prometeu oque mostrou ainda e muito pouco assim sr vai se queimar o povo depositou confiara no sr
 
antonio pereira em 21/12/2013 21:26:47
Senhores vereadores do contra, cuidem de trabalhar pela povo que os elegeram, desde que tomaram posse não fazem nada, só querem derrubar o prefeito será que não estão vendo a brilhante administração do prefeito Alcides Bernal.
 
maria cerqueira em 21/12/2013 20:41:34
esses vereadores que quer caçar o bernal primeiro tem que caçar os seus colegas corruptos que se elegeu na compra de votos como e que pode alguém que quer trabalhar para o povo ser eleito na base da corrupção. (É UMA VERGONHA)
 
jose delmondes em 21/12/2013 19:40:10
Caros vereadores que estão trocando cargos por voto , vcs não estão pensando em nos campo-grandenses , e sim em interesse próprio vcs estão sendo piores que mendigo ,e vcs vão ser Marionetes do prefeito , pois ele não vai dar autonomia nenhuma para vcs , vcs estão sendo coniventes com a manobra dele ,pois a oab e o ministério público ,confirmaram a manobra dele pensem bem antes de ir para o lado dele pois o Pt já está manchado com o mensalão e agora querem os votos do bernal para tentar levar as eleições do ano que vem , mas eles estão dando tiro no pé com apoio ao prefeito ,e vcs estão dando também .
 
Roni santos em 21/12/2013 09:39:43
A falta de tato , habilidade política e administrativa do prefeito já tem um passado glorioso e ao que tudo indica terá um futuro promissor.
#pedeprasair05..ou melhor #11pedeprasair.
 
Luciano Almeida em 21/12/2013 09:29:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions