ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, TERÇA  22    CAMPO GRANDE 23º

Política

Mais uma vez Assembleia deixa de votar projetos por falta de quórum

Situação tem ocorrido com frequência, principalmente em período eleitoral

Por Mayara Bueno e Leonardo Rocha | 18/10/2018 12:13
Deputado José Carlos Barbosa, à esquerda, conversa com o deputado João Batista dos Santos. (Foto: Victor Chileno/ALMS).
Deputado José Carlos Barbosa, à esquerda, conversa com o deputado João Batista dos Santos. (Foto: Victor Chileno/ALMS).

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul deixou de votar projetos de leis, mais uma vez, por não ter quantidade de deputados estaduais presentes suficiente na sessão desta quinta-feira (dia 18).

A situação já ocorreu em outras semanas, especialmente neste período eleitoral. O presidente da Casa de Leis, deputado Junior Mochi (MDB), se reuniu com os parlamentares ontem, justamente quando foi pedida a frequência dos deputados para que as propostas de leis sejam votadas até o fim do ano.

Nesta manhã, a sessão, além de ter poucos presentes, já começou tarde, por volta das 10 horas e seguiu até 10h40.

No momento que seria destinado às votações, estavam no plenário: José Almi Pereira Moura, conhecido como Cabo Almi (PT); Herculano Borges (SD); João Batista dos Santos, conhecido como João Grandão (PT); Paulo Corrêa (PSDB); Grazielle Machado (PSD); José Carlos Barbosa, conhecido como Barbosinha (DEM); Zé Teixeira (DEM); Paulo Siufi (MDB) e Jorge Takimoto (MDB).

Ou seja, 10 parlamentares, quando o necessário seria, no mínimo, 13. O deputado Paulo Corrêa (PSDB) estava presidindo a sessão e leu a justificativa de ausência dos parlamentares Beto Pereira (PSDB); Márcio Fernandes (MDB); Maurício Picarelli (PSDB); Onevan Matos (PSDB); Mara Caseiro (PSDB) e Antonieta Amorim (MDB).

José Almi, conhecido como Cabo Almi, disse que espera que, a partir do dia 28 de outubro, quando termina de fato o período eleitoral, os deputados voltem a ir às sessões para que todos os projetos possam ser votados.