ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, DOMINGO  26    CAMPO GRANDE 15º

Política

MDB oficializa Simone Tebet como pré-candidata à Presidência

Senadora é aposta da 3ª via para mais importante vaga do Palácio do Planalto

Por Liana Feitosa | 24/05/2022 17:57
Senadora Simonete Tebet. (Fonte: Jefferson Rudy/Agência Senado)
Senadora Simonete Tebet. (Fonte: Jefferson Rudy/Agência Senado)

Simone Tebet (MDB) é o nome oficializado pela comissão executiva do MDB nesta terça-feira (24) para a 3ª via da corrida presidencial deste ano. Com a saída de João Doria (SP) da disputa, o nome da sul-mato-grossense ganha força e o partido espera atrair partidos que até então apoiavam o ex-governador de São Paulo.

“A reunião de hoje serviu apenas para demonstrar que há uma esmagadora maioria do partido que defende a candidatura de Simone Tebet. Mais de 90% do MDB declararam abertamente apoio à nossa pré-candidata”, disse o presidente do partido, o deputado Baleia Rossi (SP), após a reunião, segundo o site Metrópoles.

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), já sinalizou que não vê problema em eventualmente apoiar a candidatura de Tebet.

“Não vejo que afete em nada, o Eduardo já manifestou apoio ao presidente (Jair Bolsonaro, do PL), mas vamos aguardar a decisão da Executiva Nacional. Não tenho problema nenhum (em apoiar Simone), temos só que analisar que o MDB tem uma candidatura local”, disse o tucano ao Campo Grande News, em referência ao pré-candidato André Puccinelli.

Há 4 dias foi publicada na internet uma declaração de vários empresários e eleitores manifestando apoio ao nome de Tebet à Presidência. Para quem participa do abaixo-assinado, a senadora é uma liderança “enérgica e pacificadora”, capaz de “unir o País”. O documento, intitulado “Vamos reconstruir o Brasil”, foi publicado na plataforma Change.org e alcançou 3,6 mil assinaturas hoje.

Apesar de ser indicada pela liderança do partido, Simone não é unanimidade no MDB. Os emedebistas Renan Calheiros (AL) e Eunício Oliveira (CE) manifestaram apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pré-candidato do PT ao Planalto.

Nos siga no Google Notícias