A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

13/03/2013 09:37

Ministro vem amanhã ao Estado para lançar plano safra de pesca e aquicultura

Francisco Júnior

O ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Bezerra Crivella lança amanhã, em Campo Grande, o Plano Safra 2013/2014 de Pesca e Aquicultura. O evento vai ser realizado às 10h30 horas, na Assembleia Legislativa.

Na ocasião, o ministro firmará convênios, bem como acordos de cooperação, permissão de uso de bens móveis. O governo do Estado, através do Imasul, entregará a Licença de Instalação e Operação (LIO) dos Parques Aquícolas para o reservatório da UHE Ilha Solteira/MS.

O Plano Safra é destinado a todos os envolvidos nos processos de pesca e aquicultura, exploração, cultivo, conservação, processamento, transporte, comercialização e pesquisa dos recursos pesqueiros. É um programa inédito do governo federal para estimular o desenvolvimento do setor por meio de linhas de crédito para o aumento de produção de pescado e a geração de emprego e renda, inclusão social, tornando-o mais produtivo, competitivo, inclusivo, sustentável.

Poderão acessar o Plano Safra todos os que são ou querem se tornar produtores de pescados: os pescadores profissionais artesanais, os aquicultores familiares. Para acessar todos devem estar devidamente registrados no Ministério da Pesca e Aquicultura em uma das categorias do Registro Geral da Pesca.

De acordo com informações do MPA (Ministério da Pesca e Aquicultura), em Mato Grosso do Sul existem cadastrados 450 produtores de pescado e uma produção de cerca de 14 mil toneladas por ano. A maior parte da produção de pescado em tanque escavado vem da região da Grande Dourados e, em tanque de rede (feito em represas), vem da região leste do Estado, principalmente de Aparecida do Taboado e Paranaíba.



Este é o fomento para ALAVANCAR e PO9TENCIALIZAR a Pesca e Aquicultura no Estado de Mato Grosso do Sul,
afinal, não temos mais peixes p/ extrativismo, então temos que transformar nossos pescadores profissionais em Fazendeiros de Aquicultura.
A reboque desse profissionalismo, vem toda a cadeia de produção dessa opção alimentar,
Qualificação e capacitação da profissão, industrias de gelo, rações, e diversos insumos.
Construções de frigoríficos, tanques ewscavados, tanques redes, e por aí vai.
Peixe na Alimentação dos presídios, Forças Armadas, Escolas público/privadas, Asílos, Creches, abrigos, etc.
 
jose mendes em 13/03/2013 10:13:02
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions