A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

23/10/2013 13:36

Moradores da Chácara das Mansões solicitam ampliação de escola e segurança

Kleber Clajus
Vereadores devem encaminhar amanhã solicitações ao Poder Executivo (Foto: Marcos Ermínio)Vereadores devem encaminhar amanhã solicitações ao Poder Executivo (Foto: Marcos Ermínio)

Durante Sessão Comunitária na Chácara das Mansões, nesta quarta-feira (23), a comunidade solicitou dos vereadores reforma no telhado e ampliação da Escola Municipal Darthesy Novaes Caminha, além de reforço no policiamento para conter o uso de drogas entre adolescentes e jovens.

“A escola hoje não tem estrutura para atender a demanda da região e os adolescentes estão sujeitos ao consumo de drogas, além de pais irresponsáveis deixarem os filhos de 12 anos andarem de moto por aí”, conta a dona de casa Jupira Sena.

Os problemas da escola, que atende cerca de 390 alunos, não estão restritos apenas ao espaço físico limitado, mas também ao telhado que já apresenta problemas estruturais e precisa de reforma.

“O telhado da escola é antigo e foi selado, mas está com problemas e precisa ser consertado. Peço isso há anos. Outra questão é atualizar o espaço para garantir acessibilidade e uma sala adaptada para a educação especial”, comenta a diretora Osmarina Souza Aragão. “Atendemos aqui os filhos de caseiros. Crianças que também precisam de lazer, além do aprendizado”.

Para a aposentada Maria Aparecida Figueira, que reside no bairro há 1 ano, se depende-se dela a escola seria “implodida para construir uma nova”. “Não é porque é zona rural que temos que ter uma escola feia, mas sim adequada com cursos para a comunidade e que não deixe ociosos os jovens que hoje estão tendo problemas com drogas”, avalia Maria.

A questão da segurança, inclusive, não se limita apenas ao enfrentamento do consumo de entorpecentes, mas também ao uso de motocicletas por adolescentes que deixam o capacete em casa.

“Acho que falta mais policiamento no bairro para evitar o uso de drogas e que os adolescente fiquei fazendo cavalinho de pau por aí”, lembra o aposentado Élio Heraldo Maya, que está no bairro há 12 anos.

A saúde também não foi esquecida pelo presidente da associação de moradores da Chácara das Mansões, Edson Martins, que já buscou lugar e até transporte para trazer médicos para o bairro. “Solicitamos um agente de saúde no Posto de Saúde da Três Barras e eles dizem que não podem vir sem carro oficial. Já conseguimos um lugar para eles atenderem aqui”, conta Edson.

Em resposta aos pedidos da comunidade, o presidente da Câmara, Mario Cesar (PMDB), voltou a afirmar que “o poder da caneta é do Executivo”. Ele também cobrou que indicações dos vereadores para a região, como a instalação de um Ceinf (Centro de Educação Infantil) sai do papel logo.

Quanto aos pedidos da diretora, a presidente da Comissão Permanente de Educação e Desporto, Carla Stephanini (PMDB), acredita que a escola terá os problemas solucionados e aguarda que “não haja perseguição” contra a servidora que só quer prezar pela qualidade do serviço público prestado.

Os pedidos da comunidade serão convertidos em requerimentos para que o Executivo solucione as demandas apresentadas.

Câmara vai homenagear 84 pessoas em sessão do aniversário de 118 anos
A Câmara Municipal de Campo Grande vai homenagear 84 pessoas em sessão solene na próxima quarta-feira (dia 23). Na ocasião, a partir das 19h, serão ...
Moreira Franco: MP das Rodovias dará segurança jurídica e resolverá problemas
O ministro da Secretaria Geral da Presidência, Moreira Franco, afirmou que a MP das Rodovias vai garantir condições de investimento nas concessões at...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions