A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

10/04/2012 16:16

Nas maiores cidades de MS, candidaturas começam a ser definidas

Wendell Reis

Em dois meses, partidos tiveram grandes evoluções e eliminaram várias indefinições

Deputados e ex-prefeitos seguem na briga por prefeituras do interior do EstadoDeputados e ex-prefeitos seguem na briga por prefeituras do interior do Estado

No dia 26 de janeiro o Campo Grande News fez um balanço das candidaturas nos 10 maiores municípios de Mato Grosso do Sul. Após dois meses, o quadro mudou principalmente em Campo Grande e Dourados, onde foram definidas as candidaturas de partidos que estavam em cima do muro.

Apesar de restarem só dois meses para o fechamento das coligações, ainda há pré-candidatos que ainda não mostraram muito empenho em se candidatar e outros que não despontavam entre os favoritos e agora entraram na briga para a disputa em outubro.

PMDB - Em dois meses muita coisa mudou no PMDB. O partido lançou a pré-candidatura de Edson Giroto em Campo Grande e anunciou que terá candidato próprio em Dourados, onde deve indicar o deputado federal Geraldo Resende. Em Três Lagoas o partido ainda segue firme na reeleição da prefeita Márcia Moura.

No município de Corumbá o partido também tenta emplacar candidatura própria. Em janeiro a aposta do partido para o município era o vereador Evander Vendramini (PP), mas a coordenadora do Vale Renda em Corumbá, Solange Alves de Oliveira, se destacou nas pesquisas e o partido já estuda o lançamento da candidatura.

Em Ponta Porã o PMDB ainda não definiu se terá candidatura própria. O partido estuda apoiar o ex-vice prefeito Álvaro Soares (PR), mas tem lançadas as candidaturas do Dr. Francisco, também conhecido como “Chiquito”, Chico Gimenes, e do presidente do partido, vereador Bruno Reichardt. Gandi Jamil, que era um dos cotados, já não é citado pelo partido como candidato.

No município de Naviraí o PMDB segue com o propósito de lançar a candidatura do vice-prefeito Ronaldo Botelho. Já em Nova Andradina, o prefeito José Gilberto Garcia deve abrir mão da candidatura em nome do ex-prefeito Roberto Hashioka. No município de Paranaíba o PMDB deve apoiar o deputado estadual Diogo Tita (PPS). O deputado já foi do PMDB e ainda tem o controle do partido no Município. A expectativa é de que o PMDB indique o vice de Tita.

DEM - O presidente estadual do DEM, deputado Zé Teixeira, revela que trabalha para que o partido se fortaleça no Estado, apostando na reeleição em Cassilândia, Inocência e Camapuã. Embora não tenha candidatos, o DEM estuda apoio nos dez maiores municípios do Estado.

Zé Teixeira revela que em Campo Grande a decisão deve sair de um entendimento entre o presidente municipal do DEM, Airton Saraiva,e o deputado federal Luiz Henrique Mandetta, visto que o partido tem uma afinidade nacional com o PSDB e uma estreita relação com o prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB).

O DEM também espera a definição do quadro em Dourados para definir se lança ou não candidatura própria. Zé Teixeira gostaria de um projeto suprapartidário e sem vaidade pessoal, ressaltando que o atual prefeito, Murilo Zauith (PSB), resgatou a moralidade do Município e precisa de tempo para administrar. Caso os partidos não cheguem a um acordo, o DEM deve lançar candidatura própria. Entre os cotados está o presidente da Câmara Municipal, Idenor Machado.

O DEM definiu apoio a Paulo Duarte (PT) em Corumbá, e tem conversas adiantadas com Márcia Moura em Três Lagoas, Roberto Hashioka em Nova Andradina e Álvaro Soares (PR) em Ponta Porã. Em Naviraí o DEM está conversando com um grupo que pretende lançar candidato. O partido tem interesse de lançar a candidatura de “Dona Iolanda”. No município de Paranaíba o DEM estuda apoio a Diogo Tita, mas não descarta a candidatura da vereadora Maria Eugênia.

PDT - O PDT não terá candidatura própria nos quatro maiores municípios do Estado, mas lançará nomes em seis dos dez maiores. O presidente estadual do partido, Dagoberto Nogueira, revela que em Campo Grande e Dourados o apoio ainda está indefinido. Já em Três Lagoas a tendência é de que o partido apoie a prefeita Márcia Moura. O PDT ainda deve apoiar Paulo Duarte em Corumbá.

No município de Ponta Porã, segundo Dagoberto, o ex-deputado Oscar Goldoni abriu mão da candidatura em apoio a Ivan Cherini. O partido também vai concorrer em Paranaíba, onde o atual prefeito, “Zé Braquiara”, tentará a reeleição.

O PDT também terá candidato em Naviraí, onde lançará o vereador Galo, e em Sidrolândia, onde tem como pré-candidato Gerson Claro. O partido também aposta em candidatos que disputaram a última eleição, em 2008. Serão candidatos: Odilon Ribeiro, em Aquidauana, e Milton Sena, em Nova Andradina.

PSDB – Os dois meses que se passaram após a primeira entrevista do Campo Grande News com os presidentes de partidos para saber sobre os dez maiores municípios do Estado também provocaram mudanças no PSDB, que fez importantes definições.

Na Capital, o partido mantém a pré-candidatura do deputado federal Reinaldo Azambuja. No segundo maior município do Estado, Dourados, o PSDB que antes tinha as candidaturas de Mauro César Santos Silva e Fábio Aguiar, optou por lançar Elízio Brites para a disputa.

Em Três Lagoas, o PSDB está aliado ao PPS, PSB e DEM. Os partidos vão decidir por candidatura própria, a ser definida, ou por apoio a um dos pré-candidatos, Ângelo Guerreiro (PSD) ou Márcia Moura. No município de Naviraí o partido mantém a candidatura de Onevan de Matos. Entretanto, a confirmação depende de alianças.

O PSDB também definiu o futuro em Ponta Porã. O partido que antes tinha como candidato o secretário de Obra, Hélio Peluffo, de Educação, professora Maria Leny, e a vereadora Dulce, optou por apoiar Peluffo.

Em Nova Andradina o partido deve seguir a indicação da deputado Dione Hashioka e apoiar o ex-prefeito Roberto Hashioka, do PMDB. Em Aquidauna, o futuro do partido ainda está indefinido, visto que o vice-prefeito Vanildo Neves não decidiu se lança candidatura ou apoia Fauzi. O PSDB também não definiu o futuro em Corumbá, onde a decisão caberá ao diretório municipal. Os tucanos ainda devem lançar o ex-prefeito Enelvo Feline em Sidrolândia e o vereador Fredson em Paranaíba.

PT - O Partido dos Trabalhadores não apresentou grandes mudanças nos maiores municípios do Estado. O partido segue com as candidaturas de Vander Loubet em Campo Grande e Paulo Duarte em Corumbá. Em Dourados, o partido mantém aliança com Zauith e ainda está aliado a candidatura de Ângelo Guerreiro em Três Lagoas.

Em Ponta Porã o PT segue com quatro pré-candidatos e busca um consenso. Estão inscritos como pré-candidatos a advogada Sudalene, Sônia Cintas, professora Denise e o ex-prefeito Vagner Piantoni. No município de Naviraí, o PT mudou o pré-candidato, saindo o professor Jair, para entrar o secretario de Habitação Cícero. Entretanto, o partido ainda dialoga com o PSD.

No município de Nova Andradina o PT continua com a pré-candidatura do professor Tadal. Porém, o partido é aliado a um grupo de quatro legendas que pretende se unir para enfrentar Hashioka. Em Aquidauana o PT tende a manter aliança com o prefeito Fauzi.

Em Sidrolândia o PT também não definiu o pré-candidato. Porém, segundo o presidente estadual do partido, Marcus Garcia, a conversa entre os dois concorrentes, vereador Jean e o secretário de Assistência Social e Economia Solidária, Márcio Marqueti, segue tranquila. No município de Paranaíba o PT mantém a candidatura do empresário Alfredo Bernardes, irmão do ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo. O Campo Grande News tentou contato telefônico com os presidentes do PP e PPS, mas as ligações não foram atendidas.



E NO CONE SUL DO ESTADO COMO FICA AS COMPOSIÇÕES, COMO TACURU POR EZEMPLO?
 
EDILSON FERRO em 10/04/2012 05:29:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions