A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

20/06/2009 08:45

Nelsinho tenta destravar Hospital do Trauma em Brasília

Redação

O prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), vai a Brasília na próxima semana tentar "desencalhar" projetos prioritários para o município, como o Hospital de Trauma, a Via Morena e o Terminal Intermodal.

O secretário municipal de Saúde, Luiz Henrique Mandetta, esteve na Capital Federal no início deste mês, na tentativa de encaminhar a questão.

A construção do Hospital do Trauma é apontada como a solução mais efetiva para desafogar o sistema de emergência em Campo Grande.

Se o Ministério da Saúde aprovar o projeto técnico, a Capital terá 80% de chances de concretizar a nova unidade hospitalar, com 130 leitos. E é justamente este "entrave" que o prefeito tentará solucionar em Brasília.

O hospital será construído no prédio inacabado inicialmente destinado à maternidade da Santa Casa, na rua 13 de Maio.

Serão necessários R$ 6 milhões para concluir a obra. Em novembro do ano passado, Nelsinho afirmou que a previsão era começar a obra no início de 2009. Entretanto, apesar de ter R$ 4 milhões assegurados, o projeto esbarrou nas irregularidades da obra.

De acordo com o secretário de Saúde, foi necessário primeiro mudar a destinação do projeto. Isso porque Campo Grande não tem tanta necessidade de uma maternidade e precisa muito mais de leitos para traumas.

Mandetta explica que a reconstituição do exercício financeiro do projeto foi prejudicada pela falência da empreiteira responsável pela obra.

Também foi necessário periciar o que já havia sido construído, diante da paralisação dos trabalhos nos últimos seis anos.

Além de tentar "destravar" o projeto do hospital, Nelsinho também discutirá, no Ministério da Integração Nacional, a retomada das obras do Terminal Intermodal e questões relacionadas à Via Morena.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions