A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

04/08/2014 19:14

No penúltimo dia de prazo, TRE indefere mais 10 registros de candidaturas

Ludyney Moura

A um dia do prazo final para julgar os 162 pedidos de impugnação, alguns deles solicitando o indeferimento do registro de candidatura, o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), impugnou nesta segunda-feira (4) mais 10 candidatos.
A assessoria do órgão explica que apesar do expressivo número de pedidos de impugnação, o número de processo julgados é bem menor e será finalizado amanhã (5). Para se ter uma ideia, apenas o registro da candidatura ao Senado pelo PP do prefeito cassado de Campo Grande, Alcides Bernal, teve três solicitações visando a impedimento do pepista.

Na pauta desta segunda-feira, apenas o processo da PRE (Procuradoria Regional Eleitoral) contra a candidatura de Joédi Barboza Guimarães, 2º suplente do postulante ao Senado petista Ricardo Ayache, foi protelado para amanhã, à pedido do relator do caso, o juiz Geraldo de Almeida Santiago.

Com os 10 indeferimentos de hoje, nove para deputado estadual e um de deputado federal, já chega a 55 as candidaturas impugnadas pela Justiça Eleitoral. As sentenças do Tribunal ainda podem ser revertidas, uma vez que os indeferidos tem o direito de recorrer, tanto na esfera local, o próprio TRE, quando na esfera Federal ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Enquanto aguarda o julgamento do recurso, o candidato impugnado pode continuar a campanha e seu nome será mantido na urna eletrônica. Se o indeferimento for confirmado, o registro será negado. Se o registro foi realizado e, após, impugnado e indeferido, será cancelado. Se a decisão pelo indeferimento ocorrer após a eleição e a diplomação do candidato, o diploma será declarado nulo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions