A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

08/10/2016 09:36

Novatos nas eleições municipais fazem 66 vereadores em Mato Grosso do Sul

Ricardo Campos Jr.

Partidos estreantes nas eleições municipais em Mato Grosso do Sul obtiveram, juntos, 30.055 votos e conseguiram eleger 66 vereadores no estado, conforme dados disponibilizados nesta sexta-feira (7) pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Isso corresponde a 2,6% do total de votos válidos para o Legislativo.

O PEN, PROS e SD chegaram a ter seus registros autorizados pela Justiça eleitoral a tempo de disputar as eleições estaduais e nacionais em 2014. Como nos últimos dois anos receberam parlamentares vindos de outras legendas, chegaram a ter alguma representação, mas foi a primeira vez que elas, de fato, concorreram ao pleito.

De acordo com o TSE, entre essas, o PEN foi o que mais elegeu vereadores em Mato Grosso do Sul, garantindo 28 cadeiras e obtendo, para isso, 10.343 votos, o que corresponde a 0,75% dos votos válidos.

O partido, com o resultado, tem representantes nas câmaras de Água Clara, Amambai, Angélica, Antônio João, Aquidauana, Bandeirantes, Bodoquena, Brasilândia, Chapadão do Sul, Coxim, Douradina, Dourados, Eldorado, Glória de Dourados, Iguatemi, Japorã, Juti, Paraíso das Águas, Paranhos, Ribas do Rio Pardo, Selvíria, Sete Quedas, Sidrolândia e Sonora.

Já o PROS elegeu 19 vereadores, distribuídos entre as cidades de Anaurilândia, Bonito, Brasilândia, Coronel Sapucaia, Dois Irmãos do Buriti, Figueirão, Glória de Dourados, Itaporã, Jaraguari, Juti, Mundo Novo, Naviraí, Paranaíba, Ponta Porã, Sidrolândia e Três Lagoas. O partido obteve 8.065 votos, o que coresponde a 0,58% dos votos válidos, segundo o TSE.

O SD elegeu 18 vereadores, tendo obtido 15.427 votos (1,11% dos votos válidos), distribuídos em Alcinópolis, Amambai, Aquidauana, Bandeirantes, Caracol, Corumbá, Fátima do Sul, Figueirão, Juti, Miranda, Nioaque, Pedro Gomes, Ponta Porã, Rio Negro, Três Lagoas e obtiveram duas vagas em Campo Grande, com Luiz Carlos Correia de Lima, o Lucas Lima do Amor Sem Fim; e Epaminondas Vicente, o Papy.

Já a REDE elegeu apenas Eduardo Romero na Câmara da Capital, o pior desempenho entre todos os partidos novatos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions