A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

03/02/2015 15:27

Olarte diz que vaias em evento com Dilma foi 'armação' para lhe desestabilizar

Prefeito ressalta que manifestação serve de estímulo para melhorar e atender as demandas

Juliene Katayama e Michel Faustino
Olarte disse que as vaias servem de estímulo (Foto: Marcos Ermínio)Olarte disse que as vaias servem de estímulo (Foto: Marcos Ermínio)

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), disse que as vaias recebidas durante a inauguração da Casa da Mulher Brasileira nesta terça-feira (3), na presença da presidente Dilma Rousseff (PP), foi patrocinado por um grupo político para lhe desestabilizar.

“As vaias que ocorreram pela manhã foram patrocinadas por um grupo político para me desestabilizar e não vou me abater com isso”, afirmou Olarte durante apresentação do plano de recapeamento, no paço municipal, na tarde de hoje.

Segundo o prefeito, apesar de considerar uma armação, ele vai trabalhar para resolver os problemas e melhorar o conceito perante a população. “Vamos identificar os descontentes e resolver as questões”, completou.

Na avaliação dele, as vaias “servem de estímulo para que possa melhorar e atender as demandas” e, por isso, não é uma preocupação. “Não estou preocupado com isso, meu foco é trabalhar, trabalhar, trabalhar”, finalizou.

Olarte foi vaiado todas as vezes que o cerimonial pronunciava seu nome. Até quando a presidente Dilmar Rousseff (PT) foi lhe cumprimentar a plateia manifestou insatisfação.



Nada mais justo, sabemos bem os motivos da insatisfação da população com o trabalho do prefeito, que vai desde seu apoio para a cassação do prefeito eleito, o aumento do IPTU, da tarifa de transporte coletivo e o "tapa-buracos fantasmas" nas ruas da capital!
 
Gialyson Corrêa da Silva em 03/02/2015 17:39:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions