A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

04/04/2016 14:54

Onze vereadores mudam de partido e PMDB se fortalece na Câmara

PMDB perdeu Délia Razuk, mas capitaneados por André Puccinelli outros quatro vereadores se filiaram ao partido, que agora divide maioria das cadeiras da Câmara com o DEM

Helio de Freitas, de Dourados
Idenor Machado, presidente da Câmara, trocou DEM pelo PSDB (Foto: Divulgação)Idenor Machado, presidente da Câmara, trocou DEM pelo PSDB (Foto: Divulgação)

Dos 19 vereadores de Dourados, 11 mudaram de partido na janela partidária encerrada na sexta-feira (1º). PSDB e PMDB foram as legendas que mais ganharam cadeiras no Legislativo da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul, localizada a 233 km de Campo Grande.

Partido “do momento” por governar o Estado, o PSDB não tinha nenhum vereador em Dourados e agora tem três. Com a campanha de fortalecimento desencadeada pelo governador Reinaldo Azambuja, a legenda tucana recebeu a filiação do presidente da Câmara Idenor Machado, que saiu do DEM, e dos vereadores Sérgio Nogueira e Nelson Sudário, que deixaram o PSB e o PSC, respectivamente.

Mas foi o PMDB que mais se fortaleceu na Câmara de Dourados. Por interferência direta do ex-governador André Puccinelli, que esteve na cidade para arregimentar o partido após a saída do deputado federal Geraldo Resende – agora no PSDB –, a legenda peemedebista perdeu Délia Razuk, mas ganhou a adesão de Cirilo Ramão (ex-PTC), Raphael Matos (ex-PTB), Juarez Amigo de Todos (ex-PRB) e Aguilera de Souza, que saiu do PSDC.

Os outros vereadores que trocaram de partido foram Alberto Alves dos Santos, o Bebeto, que deixou o PDT e se filiou ao PR, Silas Zanata saiu do PV e foi para o PPS e Délia Razuk se filiou ao PR.

Quem mais trocou de partido nessa janela foi o vereador Marcelo Mourão. Eleito pelo PSD, ele se filiou ao PRB, mas em menos de um mês trocou de partido de novo e no final do prazo se abrigou no PRP.

Apesar da saída de Idenor, o DEM continua forte na Câmara douradense, com quatro filiados – Alan Guedes, Cido Medeiros, Pedro Pepa e Madson Valente. Também não houve mudança na bancada do PT – Dirceu Longhi e Elias Ishy permanecem na legenda. Virgínia Magrini (PP) e Maurício Lemes Soares (PSB) também não mudaram de partido.

Eleições – Com exceção de Délia Razuk, que se filiou ao PR com a garantia de que será candidata à prefeita de Dourados, os outros vereadores devem tentar a reeleição.

Marcelo Mourão, quando anunciou que se filiaria ao PRB, tinha a garantia de que seria candidato a prefeito, mas o partido deve apoiar Délia Razuk. Agora no PRP, Mourão afirma que continua pré-candidato a prefeito.

Interrogatório de Lula na Operação Zelotes é marcado para fevereiro de 2018
A Justiça Federal em Brasília marcou para o dia 20 de fevereiro de 2018 os interrogatórios do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de seu filho ...
Senado aprova desconto de dívidas de produtores rurais e texto segue para sanção
O Senado concluiu a votação, nesta quinta-feira (14), do projeto que permite a renegociação das dívidas de produtores rurais, estabelecendo descontos...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions